Notícias do Brasil…por Cristina Lira

Notícias do Brasil…por Cristina Lira

Categoria Advisor, Opinião
Press Fantour RNS 24.08.16 (87)

Foto de João Vital/ RN Sustentáve

RN RECEBE JORNALISTAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS PARA CONHECER O POTENCIAL TURÍSTICO 

Para movimentar a chamada “baixa temporada” do turismo e tomando proveito da realização do Fest Bossa & Jazz, o Governo do Estado, por meio da Setur RN e Emprotur, com recursos do RN Sustentável, convidou 12 jornalistas de meios nacionais e estrangeiros que cobriram os jogos olímpicos para subirem até o Estado potiguar e conhecer alguns pontos turísticos e conferirem de perto um dos maiores festivais de jazz com livre acesso do Brasil.

No roteiro, paradas na Barreira do Inferno, no Cajueiro de Pirangi, no Mercado da Redinha, um mergulho encantador nos parrachos de Maracajaú, passeio de quadriciclo e demonstrativo de kite e Wind surf com o pôr do sol maravilhoso de São Miguel do Gostoso ao fundo, passeio de buggy nas dunas de Jenipabu (claro, com emoção) e pose para fotos em cima dos dromedários, descida no aerobunda na Lagoa de Jacumã e todo o encanto de Pipa e os shows do Festival em Natal e Pipa.

“O turismo sobrevive de divulgação e de ações ousadas para vencer a competição acirrada com outros Estados. Tivemos essa iniciativa que, na certa, promoverá nosso Estado em algumas das principais mídias especializadas em Turismo. E no período de baixa temporada, que é importante”, comentou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

Foto de João Vital/ RN Sustentáve

PRESS TRIP NO RIO GRANDE DO NORTE 

Para a presidente da Emprotur, Aninha Costa, esta também é uma oportunidade para divulgar o RN nos media como o La Nación, da Argentina, e nos media europeus, além do eixo Rio-São Paulo, potenciais emissores de turistas ao Estado potiguar. “Foram cinco dias de viagem. Tentamos mostrar o máximo possível para que todos pudessem vivenciar algumas experiências únicas, que foram desde passeios, personagens, às paisagens e a nossa gastronomia”.Os jornalistas desembarcaram em Natal na terça-feira (23), participaram num jantar de boas vindas com presença do secretário Ruy Gaspar e da presidente da Emprotur, Aninha Costa e, após quatro dias intensos, finalizaram o press trip no último sábado.

Entre os 12 jornalistas estiveram profissionais dos veículos La Nación (Argentina), People`s Daily (China), Jornal El Mundo (Espanha), ZDF TV (Alemanha), e alguns das principais mídias do turismo do Rio de Janeiro e São Paulo, como o Mercado & Eventos, Jornal O Dia, Jornal Turismo & Eventos, Editora Via (Brasilturis), e Diário de Cuiabá, além da equipa do Rota InterTV da TV Globo e esta jornalista colaboradora da Ambitur.

Fernando de Noronha_Divulgação LuckFERNANDO DE NORONHA, UM PARAISO EM PERNAMBUCO

Que a ilha de Fernando de Noronha é um dos destinos mais cobiçados pelas belezas naturais, todo mundo já sabe. Mas o arquipélago também pode ser uma ótima escolha para quem gosta de conhecer points gastronómicos, locais que oferecem músicas ao vivo e diversão, além de uma animada vida noturna. O empresário Gustavo Longman, que mora na ilha e está à frente do grupo Ecocharme, indicou cinco espaços imperdíveis e que fazem sucesso entre os turistas, entrando, inclusive, na lista de sugestões turísticas das pousadas.

Restaurante Varanda
A lista não poderia começar por outro estabelecimento que não o Varanda, que tem à frente o chef potiguar Auricélio Romão. O mais bem avaliado restaurante da ilha no site de turismo Tripadvisor possui certificado de excelência e oferece cozinha variada, que vai de frutos do mar a carnes. Ele abre para almoço e jantar e é uma ótima pedida para quem gosta de fazer programas em família.

Bar do Cachorro
Com uma proposta voltada mais para o público jovem, o Bar do Cachorro também é bastante procurado por quem quer ver o por do sol de um ponto estratégico. Um saxofonista acompanha o entardecer e, à noite, a diversão fica por conta de atrações locais, nacionais ou internacionais, que levam agito aos que procuram diversão, além de todo o paraíso de Fernando de Noronha.

TURISMO RELIGIOSO NA BAHIA

Ações para o fortalecimento de um segmento do turismo religioso na Bahia foram avaliadas, na passada sexta-feira (dia 26), entre o secretário estadual José Alves (Turismo) e a superintendente das Obras Sociais de Irmã Dulce, Maria Rita Pontes. Um dos itens analisados refere-se às melhorias na gestão do complexo turístico-religioso do Santuário e Memorial Irmã Dulce, situado na Cidade Baixa, em Salvador.
Maria Rita pediu sinalização com placas na área externa e apoio para a identificação de investidores para o projeto de requalificação do memorial, por meio da Lei Rouanet. O secretário José Alves comprometeu-se a colaborar com todas as ações necessárias. “Vamos apoiá-los, dando maior visibilidade ao complexo turístico de Irmã Dulce”, disse ele.
Beatificada pela Igreja Católica em cerimônia realizada em 2011, após ser reconhecida pelo Papa Bento XVI como Serva de Deus Dulce Lopes Pontes, os fiéis aguardam o processo de canonização da religiosa.

O secretário José Alves assistiu ainda a uma apresentação musical, juntamente com estudantes do Rotary Internacional procedentes dos Estados Unidos, Dinamarca, Alemanha, França e Índia.

A Igreja e o memorial recebem mais de 80 mil visitantes por ano e estão entre os destaques do turismo religioso na Bahia. A Secretaria de Turismo e a Conder realizam obra de requalificação do Largo de Roma. O projeto prevê a eliminação da rotatória entre o Largo de Roma e o Memorial Irmã Dulce, que passarão a integrar um único conjunto.

Uma mistura de belas paisagens, atrações ligadas à cultura regional, em uma corrida disputada entre os parreirais da Vitivinícola Rio Sol, às margens do Velho Chico, unindo desporto, vinho e turismo.

Ela é conhecida como a corrida do vinho e já conquistou os participantes após três edições no Nordeste. Unindo esporte e enoturismo (cultura do vinho aliada ao turismo), a etapa Vale do São Francisco da Caixa Wine Run 2016 será disputada no dia 10 de setembro. Uma oportunidade de competir ou acompanhar a prova e, ao mesmo tempo, conhecer a cultura e as belezas da região do sertão pernambucano, um oásis às margens do Velho Chico.

Será a quarta edição da prova, a segunda na região. Uma experiência única. A Caixa Wine Run alia o prazer de correr ao de degustar os melhores vinhos e visitar destinos turísticos. Ela é realizada dentro de uma vinícola, a Vitivinícola Rio Sol – Fazenda Planaltina, na Estrada da Uva e do Vinho, em Lagoa Grande, Pernambuco. Serão 10 milhas (16 km), correndo em meio aos parreirais.

Disputada desde 2012 na Serra Gaúcha, onde teve quatro edições, a Caixa Wine Run levou ao Vale do São Francisco, em 2013, o seu conceito inovador e se tornou sucesso na região. Muitas pessoas de outros estados conheceram o interior pernambucano e mostraram a vontade de voltar agora em 2016.

Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia vai à Justiça contra a paridade tarifária

Hoteleiros de Salvador decidiram ampliar o boicote às agências de viagens e turismo online, conhecidas como OTAS (Online Travel Agencies). Em reunião na manhã da passada quinta-feira, 25, filiados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA) votaram pela manutenção do boicote à Decolar.com, além de abrir uma nova frente de batalha. A Bahia sai na frente e decide entrar com uma ação na Justiça contra a paridade tarifária.

A medida, que será defendida na próxima semana durante reunião da ABIH Nacional, pretende liberar os hotéis para repassar valores diferenciados de acordo com as taxas de comissão exigidas pelas OTAS. O objetivo é evitar que as extorsivas comissões cobradas pelas agências online, que variam de 18% a 22%, prejudiquem ainda mais o setor hoteleiro, além de permitir que o cliente tenha opção de escolha de preços, evitando a cartelização. “Estamos no fundo do poço, precisamos reagir e enfrentar as OTAS, que estão cobrando polpuda comissão e nos levando a uma crise sem precedente”, frisa o presidente da ABIH-BA, Glicério Lemos.

O boicote à Decolar.com foi aprovada por unanimidade na reunião da ABIH-BA realizada em 20 de julho último, após a agência de viagens e turismo online decidir, unilateralmente, aumentar a margem de comissião, que chega a 22%. Com a decisão, pelos menos 40 hotéis de médio e grande portes de Salvador deixaram de trabalhar com a Decolar.