2ª edição da Bolsa de Empregabilidade em março

2ª edição da Bolsa de Empregabilidade em março

Categoria Agenda, Inside

A sensivelmente três meses do início da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, o Fórum Turismo 2.1 acaba de anunciar a realização da segunda edição da Bolsa de Empregabilidade em parceria com a BTL.

A Bolsa de Empregabilidade em Turismo teve, na edição passada, o seu primeiro ano de realização, tendo sido identificadas mais de 800 vagas de trabalho, contando com a participação de alguns dos principais empregadores nacionais como TAP Portugal, Pestana Hotel Group, Sonae Capital, Hotéis Vila Galé, entre outros. O “espaço empregabilidade” contou com a participação de mais de 2500 participantes, entre eles desempregados, jovens que procuram o primeiro emprego ou até a primeira oportunidade de contacto profissional com a industria de formação.

Numa oportunidade única de contacto com o Diretor de Recursos Humanos da empresa, muitas foram as oportunidades de entrevistas presenciais, apresentação das estruturas de captação de talento pelas empresas e aproximação com os principais stakeholders da indústria.

A edição de 2017 irá realizar-se com algumas mudanças significativas, nomeadamente a sua duração, passando de um dia para dois dias (17 e 18 de março) permitindo que mais pessoas tenham oportunidade de ter contacto com as ofertas de emprego.

Segundo Frédéric Frère, presidente do Fórum Turismo 2.1, esta parceria com a BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, pretende criar uma ligação entre os jovens profissionais e o mercado de trabalho, na maior Feira de Turismo organizada em Portugal.

“A importância estratégica que a BTL tem para a promoção do destino Portugal e para o negócio do Turismo é fulcral e juntar a Bolsa de Empregabilidade à maior feira da industria a nível nacional, onde já estão presentes muitas das empresas do setor, irá oferecer a grande oportunidade aos jovens que procuram entrada no mercado de trabalho, de conhecerem não apenas a feira de turismo como também terem a possibilidade de procurarem emprego numa das muitas empresas presentes”, refere o responsável.