A380 da Emirates com voo diário para São Paulo a partir de Março

A380 da Emirates com voo diário para São Paulo a partir de Março

Categoria Business, Transportes

A partir do dia 26 de março de 2017, a Emirates irá operar o primeiro voo comercial programado num Airbus A380 para São Paulo.

Ao substituir o Boeing 777-300ER utilizado nesta rota, o serviço do A380 irá comemorar os 10 anos de operação da companhia aérea no Brasil, que começou os seus voos diários entre o Dubai e São Paulo em outubro de 2007. Nessa altura, a Emirates já tinha feito história ao ser a primeira companhia a ligar o Médio Oriente à América do Sul com um serviço sem escalas.

“O A380 da Emirates é um avião icónico que continua a entusiasmar os nossos passageiros e define os padrões de conforto num voo comercial. Queremos oferecer a experiência premiada do A380 da Emirates a todos os nossos passageiros e continuar a contribuir para o sucesso económico do Brasil”, disse Hubert Frach, vice-presidente sénior de Operações Comerciais no Ocidente da Emirates.

“A troca para A380 irá trazer mais 959 lugares em cada direção, indo ao encontro da grande procura desta rota por parte dos passageiros, ao mesmo tempo que reforça o nosso compromisso com o Brasil e a região da América do Sul”, acrescentou o responsável.

“Nós investimos significativamente na melhoria das instalações do Aeroporto Internacional de Guarulhos – São Paulo, adaptando-as ao A380 e estamos muito satisfeitos com a decisão da Emirates em trazer o primeiro A380 da América do Sul para o nosso aeroporto”, afirmou Gustavo Figueiredo, CEO do Aeroporto de Guarulhos – São Paulo.

O voo, EK 261, parte do Dubai (DXB) todos os dias às 08:35 e chega a São Paulo (GRU) às 16:30. O voo de volta, EK 262, deixa São Paulo (GRU) às 01:25 e aterra no Dubai (DXB) às 22:55 (horas locais). Para este voo, a Emirates vai dispor das suas três classes, num total de 491 lugares, com 14 suites privadas na Primeira Classe, 76 assentos totalmente reclináveis na Classe Executiva, e 401 lugares na cabina de Classe Económica.