Câmara de Reguengos quer construir posto turístico em edíficio histórico

Câmara de Reguengos quer construir posto turístico em edíficio histórico

Categoria Business, Empresas

Um passeio no Lago Alqueva, uma visita às melhores lojas de artesanato, restaurantes e até praticar desportos náuticos. A tudo isto e muito mais pode vir a acrescentar uma visita ao Centro Interpretativo e de Acolhimento Turístico em Reguengos de Monsaraz, em Évora, uma proposta da autarquia enviada aos Fundos Comunitários. Caso o projeto avance, o posto vai ser construído no mesmo espaço onde funcionava, desde 1877, o histórico Café Central, encerrado há cerca de um ano.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, este projeto “centra-se na promoção e preservação de um património de relevante valor,que importa conservar para as próximas gerações”, sublinhando ainda que, durante muitos anos, o Café Central foi “o local de encontro dos reguenguenses, tanto ricos como pobres”.

O principal objetivo é atribuir ao concelho os “meios físicos e tecnológicos para o adequado acolhimento e encaminhamento aos turistas”, garante a autarquia em comunicado, bem como promover a “diversidade do património histórico-cultural, natural e paisagístico”.

Para a implementação do Centro Interpretativo e de Acolhimento Turístico, a autarquia aguarda decisão favorável à candidatura que efetuou.