Companhia aérea iraniana compra 100 aviões da Airbus

Companhia aérea iraniana compra 100 aviões da Airbus

Categoria Business, Transportes

A companhia Iran Air formalizou hoje um pedido de 100 aeronaves à Airbus, no valor de 20 mil milhões de dólares (19,1 mil milhões de euros), e as entregas começarão no início de 2017, anunciou a fabricante aeronáutica europeia, segundo a agência Lusa.

O pedido, que encerra o compromisso assinado em janeiro em Paris, é de 46 aeronaves A320, 38 aviões A330 e 16 aparelhos A350, segundo um comunicado da Airbus.

Um porta-voz da empresa disse que este contrato representa “cerca de 20 mil milhões de dólares”, a preço de catálogo.

O acordo de janeiro previa inicialmente a compra de 118 aeronaves, incluindo 12 aeronaves A380, que chegaria a um total estimado de mais de 25 mil milhões de dólares (23,9 mil milhões de euros). A opção pelas aeronaves A380 foi abandonada porque o aeroporto de Teerão não está equipado para receber estes aviões de grande porte, segundo uma fonte que acompanhou o processo.

A Iran Air e a empresa aérea norte-americana Boeing assinaram a 11 de dezembro, em Teerão, um contrato para a venda de 80 aparelhos à companhia iraniana, destinados a substituir a sua frota. Este contrato está estimado em 16,6 mil milhões de dólares (15,8 mil milhões de euros).

O país necessitará de 400 a 500 aviões de linha na próxima década, segundo a Organização de Aviação Civil iraniana.

Em setembro, a Boeing e a Airbus tiveram sinal verde dos Estados Unidos para vender aeronaves novas ao Irão. As empresas aéreas ainda estavam a espera de realizar as negociações depois da conclusão do acordo nuclear entre Irão e as grandes potências, entre as quais os Estados Unidos, que foi assinado em julho de 2015.

Este acordo permitiu aligeirar, desde janeiro, o embargo económico internacional contra o Irão.