Madeira regista taxa de ocupação de 80% em 2016

Madeira regista taxa de ocupação de 80% em 2016

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal apresentou, no passado dia 23, no Funchal, o balanço da performance da Hotelaria na Região Autónoma da Madeira. Durante a conferência “A Hotelaria no Funchal – Balanço & Perspetivas”, realizada na Câmara Municipal do Funchal, a AHP fez uma análise da evolução do setor nos últimos 10 anos.

Através dessa análise e, tendo em conta os dados do AHP Tourism Monitor, a Madeira tem vindo a consolidar a sua posição de destino-estrela em termos de Taxa de Ocupação no panorama nacional. Assim, os dados referentes a 2016 indicam que a região registou uma ocupação com valores que chegram aos 80%.

Por outro lado, o preço médio por quarto ocupado na região apresentou vários “picos” por ano, por oposição à média nacional, que revela apenas uma época alta, o que se traduz num aumento do ARR neste destino de 4,8% no ano de 2016. Também neste indicador, o destaque é para categoria de 5 estrelas que cresceu 10% em 2016 face ao período homólogo.

Realtivamente a mercados emissores, os principais destaques vão para o mercado alemão, seguido do britânico e do francês, juntamente com o mercado interno. De salientar crescimentos superiores a 25% no mercado norte-americano e o nos mercados do norte da europa, em especial para o dinamarquês.

Face a estes resultados, Cristina Siza Vieira, presidente executiva da AHP, salinetou a importância deste números: “É muito interessante analisar a evolução da hotelaria na Região Autónoma da Madeira. O crescimento dos vários indicadores tem sido notório e são claramente resultado de uma aposta forte dos vários players do setor e de uma contínua reinvenção do destino, tido como um dos melhores destinos insulares do mundo. Tanto que estão em pipeline sete unidades hoteleiras na Madeira com abertura prevista para 2017, entre novas ofertas, remodelações e ampliações”.