“Entre 2010 e 2015 já foram reabilitados 200 edifícios por causa do turismo” em Lisboa

“Entre 2010 e 2015 já foram reabilitados 200 edifícios por causa do turismo” em Lisboa

Categoria Advisor, Política

O presidente da Entidade Regional de Turismo de Lisboa, Vítor Costa, afirmou ontem, no Laboratório da Estratégia de Turismo 2027, dedicado a Lisboa, e que decorreu na Escola Superior de Hotelaria e Turismo,  que, entre 2010 e 2015, “foram já reabilitados 200 edifícios por causa do turismo” na cidade.

Lembrando a evolução que o turismo apresentou em Lisboa em dez anos, entre 2005 e 2015, e onde se registou um aumento de 50% na oferta e de 67,8% na procura,  Vítor Costa criticou as “vozes” que falam “da turistificação” na capital portuguesa. “Não temos excesso de turistas”, afirmou o responsável, explicando que quando somamos o número de turistas, os residentes e os turistas estrangeiros que habitam em Lisboa “ficamos muito distantes dos 850 mil apontados” como sendo a capacidade máxima para a cidade e “muito longe dos destinos onde estes problemas se registam”. Para Vítor Costa, o que existe é a necessidade de “melhorar a gestão urbana”.

Na mesma ocasião, Vítor Costa criticou a intenção do Governo de “retirar carga de algumas regiões para colocar noutras”. “Como pode o Estado ter o papel de desviar recursos turísticos do litoral para o interior?”, interrogou o responsável, afirmando que “a coesão não se faz olhando apenas para um setor de atividade”.

Para o responsável, a avançar com a ideia da “desconcentração” para combater as assimetrias regionais, o Governo “corre o risco de não conseguir essa coesão e fazer com que a oferta que foi instalada nas regiões (com um maior número de turistas) tenha um problema de falta de procura”.

Raquel Pedrosa Loureiro