Hotel Stroganov abre este mês em Oliveira do Hospital (com fotogaleria)

Hotel Stroganov abre este mês em Oliveira do Hospital (com fotogaleria)

É já no próximo dia 16 de setembro que abre portas, em regime de soft opening, o Hotel Stroganov. Com um investimento de dois milhões de euros, este cinco estrelas, localizado bem perto de Oliveira do Hospital, em Fiais da Beira, conta, entre quatro paredes, a “bonita” história de amor de Juliana e Grigory Stroganov. Pretende, explicou ao Ambitur.pt, Marina Kartashova, proprietária da unidade, “mostrar que há muitas coisas em comum entre as culturas portuguesa e russa, tal e qual como houve entre Juliana e Grigory”, sendo o espaço ideal para os “que procuram um serviço personalizado e experiências autênticas”.

O Hotel Stroganov nasce do sonho da russa Marina Kartashova de encontrar um espaço para “receber hóspedes”. Depois de procurar em países como a Alemanha ou a Hungria, foi na pequena aldeia de Fiais da Beira que Marina Kartashova encontrou o local perfeito para o espaço que idealizara.

À disposição dos clientes estão doze quartos, “todos com uma decoração diferente e relacionada com a história de amor de Juliana e Grigory”. “Há o quarto Chocolate (porque Juliana adorava chocolate), o Blossom (porque Juliana adorava os seus jardins) e o Jewelry Box (porque Juliana era uma das damas mais fashion do seu tempo), mas também o Azulejos (imagem de marca de Portugal) ou o Shawls (mostra as semelhanças no vestuário dos dois países)”, explicou a responsável. O hotel oferece ainda um restaurante (“Chaminé Russa”), um bar e um amplo terraço com vista para as Serras da Estrela e do Caramulo. Para quem procura uns dias de descanso, o hotel dispõe ainda de um SPA com piscina interior, jacuzzi, três salas de tratamento, um salão de beleza, sauna, banho turco e ginásio.

“Esperamos uma grande aceitação, tanto para escapadelas como férias, tanto de turistas nacionais como internacionais. Cada quarto transmite um ambiente diferente, portanto cada pessoa terá os seus favoritos. O turista vai, sem dúvida, querer voltar ao quarto onde se sentiu como em casa, ou vir experimentar outros”, afirmou a também diretora desta unidade, que pretende ser também um espaço de referência para a realização de eventos. Para esse efeito, o hotel dispõe “de um pavilhão com capacidade para 250 pessoas e um pequeno jardim francês com roseiras com um segundo terraço, que será utilizado sobretudo para servir infusões”. “Acreditamos que este espaço lindíssimo seja bastante procurado para todo o tipo de eventos, desde casamentos a apresentações de produtos”, conclui a responsável.

As reservas estão disponíveis a partir do dia de hoje.

Raquel Pedrosa Loureiro