Hoteleiros de Cascais e Estoril contra taxa turística aprovada pela ATC

Hoteleiros de Cascais e Estoril contra taxa turística aprovada pela ATC

Categoria Advisor, Associativismo

Face à aprovação de uma taxa turística sobre as dormidas de alojamento, pela Associação de Turismo de Cascais (ATC), os hoteleiros de Cascais e Estoril, o Alojamento Local e outras associações, ponderam a saída em bloco da ATC como forma de se mostrarem contra a medida. A aprovação ocorreu em Assembleia Geral Estraordinária da ATC, no passado dia 29 de setembro.

Segundo comunicado da Archesmo – Associação Regional dos Hoteleiros da Costa do Estoril, Sintra, Mafra e Oeiras, a assembleia funcionou “em condições de total irregularidade”, pelo “envio de uma convocatória fora do tempo e sem informação de suporte sobre o termo de ordem nos trabalhos”, o qual consistia “na apresentação de uma proposta à Câmara Municipal Cascais para introdução de uma taxa turística sobre as dormidas do alojamento”.

O mesmo documento informa ainda que “sem qualquer detalhe das condições a aplicar tal taxa”, a assembleia da ATM, constituída “maioritariamente por agências de viagens e eventos, empresas de surf e lojas, deliberou contra a firme oposição dos hoteleiros e alojamento local do Concelho de Cascais, aprovando tal proposta, cujos únicos penalizados seriam precisamente os hoteleiros e alojamento local”.

Perante a situação, os hoteleiros consideram que “não faz sentido continuar a participar e contribuir” para a associação, que toma “iniciativas que vão manifestamente contra os principais atores”.