Memmo Príncipe Real abre portas em agosto (com fotogaleria)

Memmo Príncipe Real abre portas em agosto (com fotogaleria)

Alvo de significativos investimentos na área da restauração e moda nos últimos anos, o Príncipe Real prepara-se para acolher o primeiro hotel de cinco estrelas. Previsto para abrir portas, em regime de soft opening, já no próximo mês de agosto, está o Memmo Principe Real, uma das unidades mais aguardadas da cidade. Localizado, como o nome indica, em pleno coração do bairro do Príncipe Real, em Lisboa, este boutique hotel, que conta com 41 quartos, pretende ser, explica Rodrigo Machaz, diretor-geral, “a oferta “premium” da Memmo Hotels para Lisboa”. Trata-se, segundo o responsável, de um hotel “«upscale», cinco estrelas mas sem os luxos e formalismos dos “Grand Hotels”. No entanto, pretende-se que seja “um hotel contemporâneo e ao mesmo tempo com toques clássicos inspirados em ambientes “Palace”, não estivéssemos nós no bairro do Príncipe Real!”.

 
Como já vem sendo filosofia do grupo, também este cinco estrelas estará “intimamente ligado com o destino onde está inserido”. “Se o Memmo Alfama combina a contemporaneidade da memmo com a autenticidade do bairro, no Memmo Príncipe Real queremos combinar o contemporâneo e o clássico característico” deste bairro, explica Rodrigo Machaz, dando conta que o objetivo “é atingir o segmento de topo mas que procura algo de novo e inovador na hotelaria de luxo”, ou seja, “aquele cliente que tem um sentido estético apurado e que procura hotéis diferentes da oferta hoteleira tradicional”.

 
Afirmando que a nova unidade irá manter a parceria com a marca Design Hotels, o responsável dá conta que o grupo irá “continuar a apostar forte na distribuição através do site e nas OTA de conceito com que já trabalham”. Ao nível da promoção internacional, “continuaremos a apostar nos media de lifestyle e a apresentar a nossa oferta em publicações conceituadas como a Wallpaper, Monocle e Condé Nast traveler”. O Memmo Principe Real, que contou com um investimento de 8,5 milhões de euros, deverá contar, nos primeiros meses de operação e até final do ano, com um preço médio quarto na ordem dos 250€.