Navio escola Sagres promove Douro e Trás-os-Montes em França

Navio escola Sagres promove Douro e Trás-os-Montes em França

Categoria Destinos, Explore

Os promotores do projeto “Magellan World” vão subir a bordo do navio escola Sagres, que estará ancorado em França, para divulgar os vinhos, turismo, cultura e captar negócios para o Douro e Trás-os-Montes.

A iniciativa, que está a ser desenvolvido pela Associação de Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes (AETUR), com sede em Vila Real, realiza-se no dia 1 de setembro, no porto francês de Le Havre, onde o veleiro português estará ancorado. O “O Douro à volta do mundo – Magellan World” resulta de uma candidatura ao Programa Norte 2020 de cerca de 790 mil euros, com uma comparticipação comunitária de 671 mil euros.

Segundo divulgou hoje a AETUR, em França decorre a última ação promocional do projeto que já passou pelo Brasil, Argentina e Uruguai. A bordo do navio escola Sagres estarão cerca de 60 operadores turísticos e agentes comerciais pertencentes às áreas do turismo e do agroalimentar e que serão convidados a conhecer os produtos e ofertas turísticas organizadas.

Será fornecida informação sobre produtos de 135 empresas transmontanas e durienses, desde experiências de viagens, sabores no território ou dados mais institucionais sobre os diferentes municípios. Serão também servidos e provados produtos da área do agroalimentar, como compotas, fumeiros e vinhos da região.
Segundo a Aetur, os operadores turísticos representarão vários países e “possibilidades bem distintas no que se refere à promoção do Douro e Trás-os-Montes em diferentes mercados, nomeadamente na França, Alemanha, Bélgica, Luxemburgo, Holanda e Inglaterra”. A bordo estará também patente uma exposição com oito grandes cubos que, em cada face, revelam a região através de fotografias. Esta iniciativa conta com a parceria do Museu do Douro.

Segundo a organização, estima-se que, por dia, o veleiro português receba a visita de 10 mil pessoas. A delegação portuguesa junta a AETUR, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, as comunidades intermunicipais do Douro e a de Terras de Trás-os-Montes, as autarquias de Vinhais e Sabrosa, operadores turísticos e empresas da região.

“O Douro à Volta do Mundo – Magellan World” é um projeto de internacionalização do Douro, que visa a promoção do turismo, dos vinhos e da cultura da região duriense. O projeto segue à boleia do navegador Fernão de Magalhães e quer divulgar pelo mundo este território classificado pela UNESCO em 2001. O objetivo é levar Trás-os-Montes e o Douro aos países que integram a Rede das Cidades Magalhânicas, mas também aos mercados prioritários para o turismo português.

Lusa