Ponta Delgada discute a Estratégia Turismo 2027

Ponta Delgada discute a Estratégia Turismo 2027

Categoria Agenda, Inside

Nos últimos meses esteve em debate a Estratégia para o Turismo 2027 através dos Laboratórios Estratégicos de Turismo (LET), o que vai culminar no próximo dia 4 de janeiro, com o LET em Ponta Delgada, nos Açores. O evento, organizado pelo Turismo de Portugal em parceria com a Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores, vai decorrer no auditório da Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada.

Os Laboratórios Estratégicos de Turismo são espaços de discussão pública que promovem a partilha de conhecimento, identificação de áreas críticas e o desenho de soluções, e que resultam na delimitação de prioridades estratégicas através de contributos para Estratégia para o Turismo 2027, considerando as especificidades e debatendo as tendências e desafios de âmbito regional, nacional e internacional.

“A Estratégia para o Turismo 2027 foi, sobretudo, mecanismo gerador de sinergias por forma a potenciar o efeito catalisador do Turismo. Foi, por isso, importante ouvir, debater e alinhar com todos os agentes do setor as diversas atividades com as quais é necessário trabalhar em conjunto, colaborar de forma sistemática e natural. A responsabilidade é de todos nós. A nossa ambição é que o turismo e a economia nacional beneficiem desta que é uma das atividades mais geradoras de riqueza e emprego em Portugal ”, ressalvou o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, fazendo um balanço positivo da iniciativa.

Os Laboratórios Estratégicos de Turismo foram apresentados em maio e foram organizados nas sete regiões turísticas do país, além de outros três temáticos, onde se abordara assuntos como “Conhecimento, Emprego e Formação“, “Competitividade e Inovação no Turismo” e “Tendências e Agenda Internacional“, com o objetivo de construir um referencial estratégico para o Turismo em Portugal na próxima década.

O documento final com os contributos dos vários players deverá ser apresentado no primeiro trimestre de 2017.