Porto recebe em 2017 a conferência da European Innovation Partnership on Water

Porto recebe em 2017 a conferência da European Innovation Partnership on Water

Categoria Destinos, Explore

A cidade do Porto será, em setembro de 2017, anfitriã da 4º conferência internacional da European Innovation Partnership on Water (EIP Water).  Marcada para semana de 25 de setembro, este evento conta normalmente com cerca de 500-600 participantes e reúne, entre outras entidades, decisores políticos, governos nacionais e locais, operadores, cientistas, investigadores, empresas de tecnologia, financeiros, jornalistas e instituições da UE a nível europeu, nacional e regional para quebrar as barreiras à inovação no setor.

Para além disso, durante o evento irão decorrer ama série de eventos paralelos e visitas técnicas e culturais a fim de enriquecer o programa dos participantes.

Depois de Bruxelas, Barcelona e Leeuwarden, naHolanda, o Porto foi a cidade escolhida com sucesso no meio de diversas candidaturas. Guido Schmidt, que dirige o secretariado para a EIP Water, declarou: “A proposta feita pelo Porto revelou-se por ser superior devido à clareza da abordagem e ao evidente forte apoio das organizações portuguesas que a apoiam, liderado pelo Município do Porto e pelas Águas do Porto. Estamos muito satisfeitos por termos recebido cinco propostas fortes e diversas de todos os cantos da UE. É uma pena que não possamos aceitá-las todas. Estamos confiantes de que o Porto proporcionará, aos participantes da próxima conferência, um programa rico e estimulante que promove o progresso na inovação e aumenta a competitividade Europeia no sector da água. ”

Satisfeito com esta decisão, Rui Moreira, Presidente da Câmara do Porto, disse que “é uma grande honra para a Cidade do Porto ter a oportunidade de receber a 4ª Conferência da EIP Water. Esta decisão destaca de que a água está completamente integrada na nossa Estratégia de Sustentabilidade e desempenha um papel de liderança inovador no planeamento e design do nosso ambiente urbano. O Porto está a trabalhar arduamente para tornar-se num laboratório vivo para que as tecnologias urbanas inteligentes possam lidar com todos os principais sistemas que uma cidade necessita – água, transporte, segurança, edifícios ecológicos, e energia limpa. Também é um reconhecimento de que Portugal é um “caso de estudo” excecional em serviços de água e recursos hídricos, reconhecido internacionalmente pela UE, OCDE, BEI e da Associação Internacional da Água (International Water Association – IWA).”