Portugal recebe quase 13 milhões de hóspedes com procura a crescer

Portugal recebe quase 13 milhões de hóspedes com procura a crescer

Nos primeiros oito meses do ano a hotelaria portuguesa alojou 12,951 milhões de turistas, um crescimento de 9,4% face ao período homólogo, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística. No total, registaram-se 37,103 milhões de dormidas, mais três milhões que no ano anterior. O aumento do número de hóspedes – em especial os estrangeiros, que cresceram 12,3% de Janeiro a Agosto –, e de dormidas foram acompanhados por um aumento significativo das receitas da hotelaria, segundo indica o comunicado da secretaria de Estado do Turismo.

De janeiro a agosto, os proveitos totais da indústria hoteleira chegaram aos 400,5 milhões de euros, com este indicador a avançar 15,9% face a igual período do ano passado. Os Açores foram a região com uma evolução mais favorável, tendo as receitas da Região avançado 29,6% face aos resultados alcançados há um ano.

O aumento do número de dormidas abrangeu todas as regiões, mas sentiu-se em particular nos Açores, onde cresceu 21,6%, bem como na região Norte, com um avanço de 13,5%, e no Alentejo, onde cresceu 10%.

Para a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “é particularmente significativo que o crescimento se verifique ao longo de todo o ano e não apenas na época alta. Aliás, em Agosto o crescimento em termos percentuais não foi tão grande como nos restantes meses do ano, o que mostra que a atividade turística está a conseguir alargar aos restantes meses do ano”. Ana Mendes Godinho sublinha ainda “a evolução dos proveitos acima do crescimento do número de hóspedes, o que mostra que as pessoas que visitam o País estão a gastar mais”.