Pousadas de Portugal voltam a integrar lista de finalistas nos prémios Condé Nast Johansens

Pousadas de Portugal voltam a integrar lista de finalistas nos prémios Condé Nast Johansens

Categoria Alojamento, Business

As unidades Pousada de Lisboa e Pousada Mosteiro de Guimarães voltam a estar entre os finalistas dos prémios Condé Nast Johansens, um guia internacional que apresenta o que há de melhor ao nível de hotéis, spas e eventos.

As votações para os prémios decorrem até ao dia 21 de outubro e, além destas duas Pousadas de Portugal, estão também entre os finalistas, outras quatro unidades hoteleiras portuguesas.

Constituindo-se como um exemplo de reabilitação urbana, de localização privilegiada, no centro da cidade de Lisboa, e pelos seus requintados interiores, onde se pode ter acesso a um imponente Salão Nobre, com um luxuoso teto adornado com folha de ouro, a Pousada de Lisboa é finalista na categoria “Best for Weddings, Parties and Special Events”.

Esta Pousada está inserida na categoria Monument Hotel, do Grupo Pestana, distinguindo-se pela sua qualidade e relevância patrimonial e integra também a conceituada brand internacional Small Luxury Hotels of the World, pode ler-se no comunicado.

Por sua vez, a Pousada Mosteiro de Guimarães é finalista na categoria “Best Luxury Value”, que vê assim a sua qualidade distinguida. Resultante do restauro do Mosteiro dos Agostinhos do século XII, a Pousada Mosteiro de Guimarães, também membro da internacional Small Luxury Hotels of the World, possui uma vista privilegiada sobre a cidade de Guimarães.

Para Frederico Costa, administrador das Pousadas de Portugal, “É com grande orgulho que voltamos a ver as Pousadas de Portugal a serem reconhecidas a nível internacional. É uma nomeação de indiscutível valor para estas unidades, que combinam a história com a inovação, regendo-se pelos mais altos padrões de qualidade e serviços hoteleiros, mas também para as cidades de Lisboa e Guimarães”.

Uma referência, digital e impressa, das unidades hoteleiras, alojamentos e eventos de propriedade independente anualmente inspecionados, a Condé Nast Johansens é uma divisão da Condé Nast Britain, propriedade da reputada Condé Nast, responsável por produzir algumas das mais conceituadas publicações internacionais, como a Vogue, a GQ e a Traveller e Glamour. Com um público de 5,5 milhões, a distribuição dos guias Condé Nast Johansens totaliza os 28.500 exemplares a nível internacional.