Procura de hostels em Portugal aumentou 9% durante o Campeonato da Europa

Procura de hostels em Portugal aumentou 9% durante o Campeonato da Europa

A Islândia está nas bocas do mundo e o turismo está a refletir isso mesmo ao ser impulsionado no País depois de uma surpreendente prestação da sua seleção no Europeu de França. De acordo com os dados do site Hostelworld, a plataforma líder na reserva de hostels, a procura mundial de alojamento barato na Islândia cresceu 58% desde que o Euro2016 começou a 10 de Junho, comparando com o mesmo período do ano passado.

Embora a seleção islandesa tenha sido responsável pelo afastamento da Inglaterra no Europeu, os residentes no Reino Unido foram ainda assim responsáveis por grande parte dessas procuras, logo atrás dos americanos.

Mas houve outros países que parecem ter ganho com a participação no torneio que decorreu em França. Além da Islândia, que registou o maior crescimento de procuras, a Eslováquia (crescimento de 15%), Portugal (9%), Polónia (8%) e Alemanha (3%) são outros dos países que se destacaram no Europeu e que também viram crescimentos na procura de alojamento económico, em comparação com o mesmo período de 2015.

A procura por alojamento na Islândia atingiu o maior pico a 3 de Julho, dia em que a selecção deste país nórdico defrontou nos quartos-finais da competição a França. Nesse dia, a procura mais do que duplicou (116% de crescimento), tornando-se no maior aumento de procura entre todos os países que participaram no torneio. Um ranking onde está também a Eslováquia com um crescimento de 44% no dia 27 de Junho, após a equipa ter sido derrotada pela Alemanha na noite anterior. A finalizar o pódio, e como não poderia deixar de ser, está Portugal. A procura por alojamento para o nosso País cresceu 24% no dia em que Fernando Santo, como prometido, estava de regresso a Portugal com a taça de campeão europeu nas mãos.

Um resultado significativamente brilhante para o País uma vez que Portugal, ao contrário da Islândia e da Eslováquia, já era um dos destinos mundiais mais procurados por mochileiros – ou seja, aqueles que gostam de viajar de mala às costas e ficar em alojamento económico. Parece, que ainda assim, Éder e companhia conseguiram o feito de levar mais longe um Portugal cada vez mais conhecido.

Para outra das surpresas do Europeu, o País de Gales, e a pesar de não haver um crescimento substancial de procura ao longo do torneio, registaram-se aumentos de procura que chegaram aos 55%, nomeadamente no dia seguinte à vitória galesa frente à Rússia e durante o jogo com a Irlanda do Norte.

“Eventos desportivos globais não são apenas grandes espectáculos, mas realmente chamam a atenção para os países que muitos podem nunca ter pensado em visitar. Isto é especialmente verdade quando nós vivemos uma viagem com uma selecção nacional, como a da Islândia, atordoando o mundo, alcançando os quartos-de-final, ou a de Portugal que venceu o seu primeiro Campeonato Europeu, depois de perder o seu jogador principal nos minutos iniciais do derradeiro jogo”, comenta Otto Rosenberger, director de marketing do Hostelworld.