Receitas da Amadeus crescem 15% no primeiro semestre

Receitas da Amadeus crescem 15% no primeiro semestre

Categoria Business, Empresas

O Amadeus IT Holding S.A., o líder tecnológico de referência para o setor mundial das viagens, apresentou os resultados financeiros e operacionais para o primeiro semestre do ano de 2016, com um resultado líquido ajustado de €494,5 milhões, o que significou um crescimento de 17,9% em relação ao mesmo período de 2015, fundamentado por um aumento de receita de 15,1% para €2,275.5 milhões e um crescimento de EBITDA de 16,5% para €907,1 milhões. O fluxo de caixa livre cresceu 23,2% no primeiro semestre, com o rácio da dívida de 1.31x EBITDA.

De acordo com Luis Maroto, President & CEO of Amadeus, “o forte primeiro semestre de 2016 é o resultado do crescimento contínuo dos nossos core businesses e da contribuição positiva das nossas mais recentes aquisições. A nossa área de distribuição continua a crescer mais rapidamente do que a indústria, e a sua posição competitiva mais uma vez aumentou, para 43,2%. A nossa estratégia de diversificação geográfica continua a dar frutos sendo a Ásia & Pacífico e a América do Norte as regiões de maior crescimento para a Amadeus. Continuamos a investir em tornar o nosso GDS o sistema mais eficiente na distribuição de produtos de viagem, como indica o sucesso das nossas soluções de merchandising: 157 companhias aéreas confiam em nós para a distribuição dos seus serviços auxiliares através dos canais diretos e indiretos”.

O responsável destaca ainda o forte crescimento do negócio de IT. “O número de passageiros embarcados com reservas feitas através da nossa plataforma Altéa cresceu 10,9%, suportado pelo crescimento da nossa base de clientes e entradas de novos clientes. Este forte desempenho foi complementado com a aquisição da Navitaire à Accenture, finalizado em janeiro. Graças à sua contribuição, o número total de passageiros embarcados usando sistemas PSS Amadeus aumentaram 75,7%, para 622,4 milhões”.

Os novos negócios do grupo também apresentaram progresso, “comprovado pelos contratos assinados com o Aeroporto Internacional de Quebec City Jean Lesage e com os aeroportos de Copenhaga; pela nova aplicação móvel de gestão de itinerários lançada para os colaboradores do grupo Boston Consulting em todo o mundo; pelas duas soluções Travel Intelligence e o acordo de distribuição internacional com a RENFE, o operador ferroviário espanhol”.