TAP e Associação de Promoção da Madeira oficializam protocolo

TAP e Associação de Promoção da Madeira oficializam protocolo

Categoria Advisor, Associativismo

Esta semana, foi celebrado um protocolo de cooperação entre a Associação de Promoção da Madeira e a TAP – Transportes Aéreos Portugueses.

A cerimónia decorreu no Salão Nobre do Governo Regional e contou com a presença do Presidente do Governo, Miguel Albuquerque, do secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, na qualidade de presidente da Associação de Promoção da Madeira, e do presidente do Conselho de Administração da TAP, Fernando Pinto.

O protocolo visa o desenvolvimento um conjunto de ações destinadas a promover a Madeira nos seus principais mercados, contribuindo, desta forma para recuperar mais rapidamente as consequências sofridas nos incêndios ocorridos em Agosto último. Entre as ações previstas estão campanhas de promoção que pretendem gerar procura e interesse pela Madeira em alguns dos seus principais mercados turísticos prioritários (designadamente Portugal Continental, Alemanha, Suíça, Escandinávia, Itália, Estados Unidos, Brasil e Rússia), a promoção de press e fam trips, nacionais e internacionais e a ativação de uma campanha de solidariedade com a Madeira que passa pela doação de milhas por parte dos membros do programa Victoria, sendo que posteriormente o Governo Regional da Madeira poderá utilizar as milhas recolhidas para viagens ligadas aos objetivos deste mesmo protocolo.

Para além disso, refira-se que a TAP já se tinha comprometido a reforçar, durante o próximo período de inverno, a oferta em 22%.

Fernando Pinto, presidente do Conselho de Administração da TAP, mostrou-se satisfeito com o protocolo celebrado e prometeu “trabalho em conjunto” para assegurar uma boa imagem da Madeira no mundo.

Já Eduardo Jesus lembrou a relação de mais de seis décadas entre a Região e a TAP, uma relação que tem permitido manter as ligações aéreas sobretudo com o continente português, mas também com outros pontos do mundo, e sublinhou o relacionamento estreito que tem permitido um diálogo constante em prol da população residente, mas também em prol daqueles que nos visitam.