TAP transportou 1,38 milhões de passageiros e continua a bater recordes

TAP transportou 1,38 milhões de passageiros e continua a bater recordes

A TAP registou o melhor mês de setembro da sua história, ao transportar um total de 1,38 milhões de passageiros, mais 220 mil (19%) que no mesmo mês do ano passado. A taxa de ocupação dos voos da companhia aérea nacional atingiu os 86,8%, mais 1,4 pontos percentuais.

O maior crescimento absoluto no número de passageiros foi, mais uma vez, nas rotas da Europa, com um aumento de 147 mil passageiros, mais 21,1% que em Setembro de 2016. Em termos de ocupação dos voos, devem sublinhar-se as rotas do Brasil (Atlântico Sul), com 92,3% dos lugares oferecidos absorvidos pela procura, um fortíssimo crescimento de 5,5 pontos percentuais

No acumulado de 2017, de janeiro a setembro, a TAP já transportou mais dois milhões de passageiros que no período homólogo, com destaque para mais 1,1 milhões de passageiros nas rotas da Europa (excluindo Portugal continental e ilhas). No total, nos primeiros nove meses do ano, a companhia aérea já transportou 10,64 milhões de passageiros, mais 23,6%, equivalentes a um acréscimo superior a dois milhões de passageiros, que nos primeiros nove meses do ano passado. Ainda a 15 de setembro, a TAP transportou 50 273 passageiros, um novo recorde de passageiros transportados num só dia.

Parcerias no Atlântico Norte e Atlântico Sul contribuem fortemente para o crescimento

As parcerias estabelecidas entre a TAP e JetBlue e United Airlines, no Atlântico Norte, e Azul e Gol, no Atlântico Sul, têm contribuído fortemente para o número de passageiros captados pela transportadora nos mercados norte-americano e brasileiro, respetivamente.

Nos Estados Unidos, a parceria com a JetBlue, contribuiu de Janeiro a Julho deste ano, com 35 mil passageiros captados para os voos da TAP. Já a parceria com a United captou no mesmo período 15 mil passageiros para os voos da transportadora nacional.

Em relação ao Brasil, o code-share com a Azul trouxe já aos aviões da TAP, entre Janeiro e Julho, mais de 65 mil passageiros, enquanto o code-share com a GOL, por seu turno, contribuiu com 47 mil passageiros para os voos da Companhia portuguesa.