Transol: 2016 marcado pela aposta na qualidade do serviço

Transol: 2016 marcado pela aposta na qualidade do serviço

Categoria Business, Transportes

A trabalhar há 20 anos no sentido de se posicionar no primeiro plano nacional nos transportes para o setor turístico, a Transol “continua na linha da frente no que toca à melhoria da qualidade dos seus serviços”, garante Rui Barata, administrador da empresa. Por isso mesmo o responsável não hesita em afirmar que o ano que agora termina ficou marcado pela “aposta na qualidade do serviço”.

E vai mais longe, explicando que a equipa da empresa se empenhou “afincadamente” para poder aproveitar a “grande procura esperada”, sempre com a ambição de passar uma imagem credível, de qualidade e simpatia a todos os passageiros. ” Seguramente fomos mais um dos agentes envolvidos em toda a atividade turística a fortalecer a possibilidade de quem nos visitou este ano poder regressar, assim como divulgar aos seus amigos a qualidade do nosso destino”, frisa Rui Barata.

Concretamente, isso traduz-se em crescimento, sendo que até à data a Transol está a crescer a dois dígitos, “o que é muito bom para a consolidação do nosso negócio”. A taxa de ocupação aumentou significativamente com o aumento dos meses de produção. O responsável explica que foram vários os segmentos de negócio que foram consolidados, como os incentivos e o “shorex”, “concretizando a forte aposta efetuada em 2014/2015 nestes segmentos”.

Do verão Rui Barata apenas tem a dizer que “foi um dos melhores” de sempre para a Transol, reconhecendo que isso foi algo transversal a todos os agentes do turismo. “Também ficamos muito satisfeitos com isso pois torna as empresas mais fortes e com mais qualidade”, sublinha o administrador da empresa.

2017: um ano promissor
E depois de um ano de 2016 tão positivo, com um reforço da aposta no segmento luxury, 2017 também se apresenta “muito promissor”, defende Rui Barata. A começar pela convicção de que esta aposta será solidificada e, para tal, a Transol irá investir em mais viaturas para esse segmento. “Tenho a certeza que será um excelente ano para todos nós, vamos ter algumas surpresas”, sublinha.

No futuro, o responsável está convicto de que “o nosso destino será mais atrativo e competitivo, fortalecendo assim a nossa cotação no mercado internacional”. Rui Barata adianta que a Transol tem a intenção de disponibilizar aos parceiros “todas as possibilidades de turismo com uma qualidade superior” bem como “algumas novidades”.

Recorde-se que a Transol disponibiliza um leque diversificado à medida de qualquer necessidade de transporte terrestre por parte de DMC’s e operadores turísticos, que têm à disposição viaturas ligeiras, miniautocarros e autocarros de grande dimensão, com lotações que variam entre os quatro e os 59 lugares.