Troia Resort propõe percurso alternativo pelas Ruínas Romanas

Troia Resort propõe percurso alternativo pelas Ruínas Romanas

Um percurso pedestre pela orla do estuário do Sado, é um percurso alternativo de 2,5 quilómetros pelas Ruínas Romanas de Troia, promovido pelo Troia Resort, que visa dar a conhecer o património europeu, fora do percurso atípico. Com a arqueóloga Patrícia Brum como guia, o percurso revela os espaços e paisagens inscritos recentemente na Lista Indicativa do Património Mundial de Portugal.

A iniciativa, que se insere no âmbito das Jornadas Europeias do Património 2016,  decorre entre os dias 23 e 25 de Setembro, e este ano, são subordinadas ao tema “Comunidades e Culturas”. Este conceito tem como objetivo destacar e envolver as múltiplas formas de comunidade, contribuindo para a valorização da cultura nas suas múltiplas dimensões. Nesse sentido, o património arqueológico deve ser usufruído pelas comunidades que fazem de um monumento um sítio vivo.