Turismo do Centro e Santuário de Fátima preparam programação para o “Centenário das Aparições” em 2017

Turismo do Centro e Santuário de Fátima preparam programação para o “Centenário das Aparições” em 2017

Na sessão de abertura do IV Workshop Internacional de Turismo Religioso, Pedro Machado, presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro, afirmou que para as comemorações do Centenário das Aparições, que acontece em 2017, e que contarão com a visita do Papa, “o Centro de Portugal está já a fazer o seu trabalho”. “Um dos trabalhos que vai ser anunciado tem a ver com a produção de um filme animado”, com um orçamento de cerca de 150 mil euros, afirmou Pedro Machado, acrescentando que “o investimento associado a este workshop e aos materiais que estão a ser preparados” ultrapassa os 200 mil euros. Para o responsável, “o turismo religioso associado ao turismo cultural é de facto um daqueles com maior capacidade e sustentabilidade de crescimento nos próximos anos”.

Na mesma ocasião, o padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, apresentou o programa do Centenário das Aparições, que teve inicio no passado mês de fevereiro e termina em outubro do próximo ano. Afirmando que, neste contexto, “a distinção do peregrino e turista não é relevante”, o reitor do Santuário acrescentou que “a aproximação das datas mais significativas do centenário das aparições oferecem-nos a oportunidade única de valorizar o destino Fátima quer como meta de peregrinação, quer como destino turístico de primeira importância”.

Assim, e tendo tentado criar um programa com “uma forte componente cultural” e “que possa ir ao encontro do maior número de pessoas”, entre as atividades previstas estão ações para crianças (“Oficinas musicais criativas”), 29 concertos musicais com organistas, orquestras ou grupos corais, exposições, concursos e organização de simpósios e conferências. Em 2018, está já confirmada a realização de um exposição sobre o centenário das Aparições em Fátima, no Vaticano, em Roma.

“Será uma oportunidade para revisitar a mensagem de Fátima”, acrescentou.

Raquel Pedrosa Loureiro