Turismo do Porto e Norte de Portugal leva TOPAS à Bienal Ibérica de Património Cultural

Turismo do Porto e Norte de Portugal leva TOPAS à Bienal Ibérica de Património Cultural

Categoria Eventos, Explore

22% dos visitantes que Porto e Norte de Portugal recebeu no último ano teve como motivação o Património. 13% desse número é proveniente de Espanha. O touring cultural é dos produtos estratégicos mais procurados no destino, despoletando a procura de outros como gastronomia e vinhos. É por isso que até ao próximo domingo, dia 15 de outubro, o TOPAS (Tourism Public Auto Service) vai instalar-se em Amarante e tornar-se na face mais visível da participação do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) na AR&PA – a Bienal Ibérica de Património Cultural, a decorrer, de 13 a 15 de outubro, neste concelho.

Esta participação da TPNP resulta de uma parceria com a Rota do Românico e conta com o apoio de um conjunto de parceiros que vão promover degustações gastronómicas e provas de vinhos, assim como momentos de animação cultural.

“A Bienal AR&PA – Bienal Ibérica do Património Cultural tem por objetivo a promoção, valorização e visibilidade do sector do Património Cultural, através da união dos diversos agentes que atuam no setor sendo por isso fundamental a presença da Turismo Porto e Norte, como entidade agregadora dos parceiros públicos e privados do nosso destino”, adianta o presidente da TPNP, Melchior Moreira.

A edição de 2017, agora com escala ibérica, terá lugar no Centro Histórico de Amarante, trabalhando desta vez não somente um equipamento, mas todo o centro histórico de uma cidade. Estarão reunidos cerca de 100 expositores, entre entidades portuguesas e espanholas, realizar-se-ão vários workshops, debates e um seminário internacional, bem como todos os profissionais e visitantes poderão fruir de uma diversificada programação cultural complementar dirigida ao público generalista, às famílias e aos mais novos.

O evento ocorre de forma alternada entre Portugal (sempre itinerante) e Espanha (em Valladolid): a edição de 2017, dedicada do tema da Gestão Patrimonial, é a primeira edição neste novo formato e é promovida pela Rota do Românico, copromovida pela Junta de Castela e Leão do lado espanhol e do Município de Amarante do lado português, a organização é da responsabilidade da Spira. A Bienal conta com a Direcção-Geral do Património Cultural e a AICEP Portugal Global como parceiros institucionais, assim como com a Fundação Millennium bcp na qualidade de parceiro premium, entre outras variadas parcerias e apoios. A AR&PA viu-lhe ser reconhecido o Alto Patrocínio da Presidência da República e o apoio da Comissão Nacional da UNESCO. Reúne ainda uma série de outros apoios institucionais, como a Portugal Heritage, o GECoRPA – Grémio do Património, a Associação Mundo Património e, no caso do território de Amarante, a Universidade Sénior, a Associação Desportiva, a Associação Empresarial, entre outros.