Verão “excecional” a norte do país

Verão “excecional” a norte do país

O Porto e Norte de Portugal chegou ao fim de agosto com cerca de 5 milhões de dormidas, mais 528 mil do que em 2015. Se a tendência se mantiver, o destino vai chegar ao final do ano com 6,6 milhões de dormidas, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística. Perante os resultados, o Presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, entende como “excecional”.

Os dados mostraram também outras notas positivas, nomeadamente que, em agosto, o Porto e Norte foi o destino com maior crescimento continental na taxa de ocupação (64%), passando de 1,4 para 2,1.

O território teve ainda a maior subida maior subida nacional nos proveitos por aposento (18,5%).

Aumentou também, em agosto, o número de espanhóis no Porto e Norte. Este mercado continua a ser o principal, tendo, neste mês, um crescimento de cerca de 10%.

“Tivemos o melhor verão de sempre. Somos um destino de férias! Estes números são o espelho de uma estratégia que assumimos diferenciadora, inclusiva e assertiva envolvendo o sector público e privado da Região”, reforçou Melchior Moreira.