Vila Galé avança na Serra da Estrela e abre Sintra em 2018

Vila Galé avança na Serra da Estrela e abre Sintra em 2018

A Serra da Estrela é o novo destino da Vila Galé, mais concretamente Manteigas, onde o grupo já adquiriu um terreno para construir uma unidade hoteleira de montanha, num investimento que ronda os seis milhões de euros. Serão 81 quartos, a juntar-se ao portfólio de hotéis da cadeia portuguesa que hoje, num almoço com a imprensa, anunciou seis novos projetos, dos quais cinco em Portugal e o sexto no Brasil.

Assim, em Portugal, à “novidade” de Manteigas juntam-se os hotéis já anunciados anteriormente em Elvas, Porto, Braga e Sintra. De acordo com Jorge Rebelo de Almeida, presidente do conselho de administração da Vila Galé, certa para já é a data de abertura do projeto na Várzea de Sintra, que conta já com cerca de 20 anos de “atrasos” mas que irá ver a luz do dia a 25 de abril de 2018, resultante de um investimento de 25 milhões de euros. Isto porque, para além da componente hoteleira, contará ainda com uma vertente turístico-imobiliária de 48 apartamentos para venda.

“Vai ser um projeto marcante, uma verdadeira mudança”, garante o responsável, explicando que a aposta é num conceito gastronómico de elevada qualidade mas racional. Terá assim dois restaurantes: um grande buffet onde a equipa de nutrição aconselhará os pratos ideais para cada hóspede; e um restaurante Inevitável à la carte, também com uma oferta equilibrada. Além disso, contará com um Spa Revival com dentista, serviços de dermatologia estética e médica, programas anti-ageing e anti-stress, sempre com “uma imagem divertida e bem disposta”, frisa Jorge Rebelo de Almeida.
Em Elvas serão investidos cinco milhões de euros e a aposta recairá sobre o tema das fortificações militares portuguesas. “O projeto está concluído, deverá arrancar em outubro”, e está agora em fase de licenciamento, tal como o projeto de Braga, esclarece o responsável. Já o Vila Galé Porto Ribeira, no Cais das Pedras, tem sofrido alguns atrasos mas deverá estar concluído entre o final de 2017 e início de 2018. Este será um quatro estrelas com 67 quartos, num investimento de sete milhões de euros.

O Brasil, por sua vez, verá nascer o Vila Galé Touros, sendo que o grupo se irá estrear no estado do Rio Grande do Norte, num investimento de 28 milhões de euros que abrirá portas em 2018.

Inês Gromicho