Volta Nacional: “Cidades europeias em guerra com os turistas, mas eles continuam a vir”

Volta Nacional: “Cidades europeias em guerra com os turistas, mas eles continuam a vir”

Diário de Notícias
“Cidades europeias em guerra com os turistas, mas eles continuam a vir”
Em 2016, os 28 países da União Europeia receberam cerca de 500 milhões de turistas, 40% do total mundial, um aumento de quatro pontos percentuais em relação ao ano anterior e o sétimo ano consecutivo de crescimento sustentado. No que diz respeito a 2017, nos primeiros quatro meses, 125 milhões passaram por estes países, mais 8 milhões que no período homólogo, e estamos a falar da chamada época baixa.

“A Quinta da Regaleira e o Palácio da Vila vestem-se de luz”
Durante quatro dias, o Aura apresenta atmosferas luminosas que mostram a vila de Sintra de uma forma diferente através de 14 instalações. Um festival que acontece pela terceira vez, sempre na semana de lua cheia de agosto.

“Festival Bons Sons: da jovem Surma aos veteranos mutantes Mão Morta”
Até segunda-feira, a aldeia de Cem Soldos, perto de Tomar, espera receber perto de 35 mil pessoas no festival de música portuguesa, com José Cid, Rodrigo Leão, Capitão Fausto e outros.

Correio da Manhã
“Greve na SATA suspensa”
O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil suspendeu a greve de hoje de assistentes a bordo da SATA após a companhia confirmar ao sindicato que vai cumprir o acordo da empresa.

“Restauração. Empregos em máximas”
A restauração registou 338,7 mil postos de trabalho no final do 2.º trimestre de 2017, mais 55,8 mil em comparação com o mesmo período de 2016, diz o INE. O valor representa um máximo histórico, assume a AHRESP.

“Viseu. Feira de São Mateus com 120 espetáculos”
As portas da 25.ª edição da Feira de São Mateus abrem hoje à noite ao público e perspetiva-se a primeira enchente. A maior feira franca da Península Ibérica vai abrir com um espetáculo protagonizado pela Orquestra 625 – em que os instrumentos são bombos, amuletos, tachos, entre outros objetos.

Jornal Económico
“Grupo de pastelaria investe 1,7 milhões no Funchal”
O Penha D’Águia, grupo de pastelarias tradicionais madeirenses, investiu no último ano um milhão e 750 mil euros em melhorias infraestruturais e na abertura de dois novos estabelecimentos, disse ao Jornal Económico um dos sócios-gerentes da empresa, Dénio Fernandes.

Jornal de Negócios
“Lisboa no ‘top’ dos aeroportos europeus que mais crescem”
O movimento de passageiros no aeroporto Humberto Delgado aumentou 22,3% no primeiro semestre deste ano, integrando o top 5 das infra-estruturas europeias de média dimensão que mais cresceram neste período.

“Comerciantes de drones obrigados a declarar venda”
O regime jurídico para o registo obrigatório de sistemas de aeronaves pilotadas remotamente, que entrou em consulta pública até ao dia 10 de outubro, passa a obrigar os vendedores de drones com 250 gramas ou mais a ter de declarar a sua venda junto da Autoridade Nacional da Aviação Civil.

“Chineses da TAP compram aeroporto”
O grupo chinês HNA confirmou esta quinta-feira, 10 de agosto, a compra de uma participação no aeroporto de Frankfurt-Hahn, na Alemanha, Por 82,5% do negócio, pagou 15 milhões de euros.

“Motoristas lamento veto à Carris”
O Sindicato Nacional dos Motoristas (SNN) manifestou “profundo desagrado” com o veto presidencial ao diploma da Carris. Na perspetiva do SNN, citado pela Lusa, Marcelo Rebelo de Sousa limitou-se apenas, de forma paternalista, a afirmar (ainda que por outras palavras) que a Assembleia da República não sabe o que faz e que, por esse motivo, necessita de um tutor”.

Jornal de Notícias
“Personagens históricas guiam visitas”
“Sou o Gonçalo Pereira, que fui abade nesta paróquia, embora nunca tenha rezado uma missa cá”. As palavras são ditas por Roberto Carlos, historiador e coordenador das visitas ao património religioso da Feira, que encarna, na Viagem Medieval, o abade da paróquia de S. Nicolau da Feira.

Jornal i
“Espanha contra turismo massivo”
As medidas que foram aplicadas até hoje contra os efeitos negativos do turismo não têm surtido o efeito desejado. O tema tem gerado muita polémica e levou mesmo a uma reforma da lei turística. Por exemplo, os proprietários que coloquem casas para arrendamento turístico sem permissão arriscam-se a ter de pagar uma multa que pode chegar aos 40 mil euros.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.