Volta Nacional: “Há mais portugueses a fazer férias de Natal”

Volta Nacional: “Há mais portugueses a fazer férias de Natal”

Diário de Notícias

“Há mais portugueses a fazer férias de Natal”

Mais portugueses vão viajar durante as férias de Natal e Ano Novo neste ano. Portugal é o destino da maioria, que prevê gastar ligeiramente menos do que no ano passado, revela o estudo realizado pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT), em parceria com a Soltrópico e a Secretaria do Turismo da Madeira. Neste ano, 46,6% dos inquiridos revelaram intenção de fazer férias de Natal/Ano Novo fora da residência habitual, num aumento de 5,7 pontos percentuais, em relação às intenções recolhidas em inquérito idêntico, no ano passado.

 

Jornal de Notícias

“Porto e Norte atraem mais portugueses na quadra festiva”

Mais portugueses vão viajar durante as férias de Natal e Ano Novo, este ano, segundo o estudo do IPDT, sendo Portugal o destino da maioria. Dentro do país, a preferência vai para a região Porto e Norte, com 31% (há um ano era de apenas 26,6%). Segue-se o centro com 21,7%, Lisboa com 13,8%, a Madeira com 11,3%, o Alentejo com 8,9%, o Algarve com 7,4% e os Açores com 5,9%.

 

“Estar pronto para tudo na Lufthansa LGSP”

“Lucidez, sangue-frio e grande sentido de responsabilidade”. É munido destas armas que Carlos Soraes entra todos os dias no edifício Burgo. Agente da Lufthansa LGSP desde abril de 2015, diz que o maior desafio do trabalho é “estar sempre preparado para qualquer situação”. A resposta não seria, provavelmente, muito diferente se a pergunta fosse feita a outros colegas do serviço de ticketing. Adrenalina não falta: é preciso lidar com quase 300 aeroportos, ser rápido a dar respostas, trabalhar em equipa.

 

“Turismo fluvial pode chegar a um milhão em 2018”

O turismo fluvial é o único que é possível contabilizar no Douro e está a crescer. A Administração de Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, contabilizou mais de 863 mil turistas até outubro deste ano e prevê que em 2018 se ultrapasse a fasquia do milhão, em toda a via navegável, desde Porto a Barca de Alva.

 

Público

“Terramototourism: Lisboa está abalada por um «sismo turístico»”

Vêem-se aviões e mais aviões, navios gigantes a cruzar o Tejo, autocarros turísticos, elétricos, os tuk tuk, segways e outros semelhantes. Estamos em Lisboa, uma “cidade embrulhada para presente” oferecido ao turismo. Estamos em “Terramototourism”, um documentário do coletivo espanhol Left Hand Rotation, que há quatro anos começou a perceber (e acompanhar) a mudança da capital portuguesa. A comparação que serviu de mote ao filme – e o objetivo é esse mesmo: mostrar as semelhanças entre as ruínas do terramoto de 1755 e as atuais, produzidas à conta de um boom turístico em Lisboa.

 

“Praia Grande Resort entra em comercialização no início de 2017”

Localizado na zona central do Algarve, entre Albufeira e Armação de Pêra, o Praia Grande Resort tem cerca de 230 hectares, num terreno que integra o Plano de Pormenor da Praia Grande e dispõe de mais de 2km de frente de praia e um parque ecológico de grande dimensão. Situado mais precisamente entre a Lagoa dos Salgados e o resort com o mesmo nome e a foz da Ribeira de Alcantarilha, junto à Praia Grande, em Pera no concelho de Silves, este projeto será desenvolvido em cinco fases, a primeira das quais já se encontra aprovada pela Câmara Municipal de Silves. Prevê a construção de três unidades hoteleiras, com um total de 373 quartos e de dois aldeamentos turísticos, com 331 unidades de alojamento, distribuídas por moradias, townhouses e apartamentos. Contará também com um campo de golfe com 18 buracos.

 

Jornal i

“Turismo. Lisboa prevê mais receita”

Com a época festiva a bater à porta, a expectativa é, que tanto o Natal como a Passagem de Ano, tragam até Lisboa boas receitas no setor do turismo. De acordo com o diretor do Turismo de Lisboa, Vítor Costa, este ano, o mês de dezembro deverá ser melhor do que no ano passado: “continuamos a crescer, quer em número de turistas, quer em receitas”.

 

Correio da Manhã

“Drones fecham aeroporto”

Uma das pistas do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, esteve encerrada temporariamente à tarde, após ter sido sobrevoada por dois drones (veículos aéreos não tripulados). Ao que o CM apurou, a deteção da ameaça foi feita cerca das 14:00, na pista 3. Assim que foram avistados, o plano de segurança foi ativado. “Vários voos foram impedidos de descolar”, acrescento Álvaro Neves, diretor do Gabinete de Prevenção e Investigação e Acidentes com Aeronaves. A Autoridade Nacional de Aviação Civil apresenta hoje o regulamento de utilização de drones, com a necessária regulamentação legal.

 

“Avião da TAP com 5 milhões em coca”

A Polícia Judiciária apreendeu 51,3 quilos de cocaína, em elevado estado de pureza, no interior de compartimentos técnicos do porão de carga de um avião da TAP que tinha acabado de realizar a ligação aérea entre Caracas (Venezuela) e Lisboa. A droga apreendida tem um valor no mercado do tráfico estimado em pelo menos cinco milhões de euros. Os investigadores da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ encontraram a droga numa zona que só é acessível a mecânicos e pessoal do handling, que tratam da colocação da bagagem dos passageiros no porão.

 

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.