Volta Nacional: “Portugal continua a ser um mercado importante com muitas oportunidades”

Volta Nacional: “Portugal continua a ser um mercado importante com muitas oportunidades”

Vida Económica
“Portugal continua a ser um mercado importante com muitas oportunidades”
Patrick Borg Hedley, o novo country manager Lufthansa para Portugal, afirmou, durante um encontro de apresentação à imprensa portuguesa, que “Portugal continua a ser um mercado importante com muitas oportunidades”, acrescentando que “é um dos mercados mais importantes do grupo” e, que, “baseando-se no critério do número de passageiros, Portugal está entre os 25 maiores mercados do grupo”.

“Universidades Portuguesas trazem conferência mundial de redes 5G a Lisboa”
Quando é que as atuais rede 4G irão dar lugar à nova geração de comunicações? É para refletir sobre esta questão que, esta semana, universidades, operadores, indústrias, consultores e laboratórios de I&D se reuniram no Instituto Universitário de Lisboa na principal série de conferências mundiais sobre o tema.

“Caminha cresce em visitantes”
Em 2016, o concelho de Caminha foi visitado por 36 346 pessoas, mais 3008 do que em 2015 e 7526 do que em 2014, representando uma subida da procura de 9%. Os turistas portuguesas contiuam a ser os que mais procuram os postos de turismo do concelho, seguidos dos espanhóis, franceses e alemães.

Jornal de Negócios
“Pilotos promovem veículo para comprar 5% da TAP”
O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil está a dinamizar a criação de um veículo para participar na oferta pública de venda de 5% do capital da TAP destinada aos trabalhadores.

Jornal de Notícias
“Transportes turísticos com novas regras”
Os autocarros turísticos só poderão circular entre as 9 e as 20 horas, não poderão usar as faixas BUS, terão paragens próprias e os operadores terão um limite de autocarros. O novo regulamento da Câmara do Porto para o transporte turístico vai ser discutido – e, muito provavelmente, aprovado – na reunião de Executivo marcado para a próxima terça-feira.

“Postos de turismo registaram crescimento de 53%”
Os postos de turismo de Matosinhos registaram um crescimento de afluência de 53,28% no ano passado, correspondendo a um total de 16 577 atendimentos. No ano de 2015, os dois espaços, junto às praias de Matosinhos e Leça da Palmeira, tinham recebido 10 815 pessoas.

“Mercado de Arroios inaugurado amanhã”
O novo mercado de Arroios, em Lisboa, é inaugurado amanhã de manhã, depois de obras que incluíram a remodelação a remodelação de todos os setores de venda, substituição do pavimento, pintura do interior, nova rede de águas, rampas para pessoas com mobilidade reduzida e novos elevadores, num investimento que rondou um milhão de euros.

Jornal i
“Marginal: Lisboa a Cascais em duas rodas e poucas ciclovias”
É este sábado inaugurado o novo troço que liga a baía dos Golfinhos, em Caxias e a praia da Cruz Quebrada. São dois quilómetros a juntar a tantos outros que quase tornam possível ir da Expo a Cascais de bicicleta.

“Braço de Prata ganha nova zona ribeirinha”
No Braço de Prata está já a crescer o empreendimento projetado pelo arquiteto italiano Renzo Piano, no qual está previsto que, numa antiga zona industrial, surjam novos edifícios residenciais e de comércio.

Público
“Grupo Transtejo tem cinco embarcações sem certificado de navegabilidade”
O grupo Transtejo, responsável pelas ligações fluviais no rio Tejo, tem cinco embarcações sem certificado de navegabilidade, refere o Governo, em resposta a uma questão colocada pelos deputados do PS eleitos por Setúbal.

“Autarcas querem Base de Trancos a substituir a do Montijo”
As onze câmaras municipais do Médio Tejo defendem a reabertura da Base Aérea de Tancos, no concelho de Vila Nova de Barquinha, considerando que será o melhor local para acolher diversas operações que deixarão de ter lugar na base do Montijo, com o seu provável aproveitamento como pista complementar ao aeroporto de Lisboa.

Correio da Manhã
“7,5 milhões para reabilitação em Torres Novas”
A Câmara de Torres Novas apresentou ontem o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, que prevê um investimento total de 7,3 milhões de euros no concelho até 2020, em áreas como a reabilitação urbana e a mobilidade.

Jornal Económico
“Brexit easyJet perde 127 milhões já este ano”
A companhia aérea low cost easyJet deverá ter custos suplementares de cerca de 127 milhões de euros devido ao Brexit, o processo de referendo que ditou que a maioria dos eleitores britânicos votantes no referendo de 24 de junho passado aprovaram a saída do Reino Unido da União Europeia.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.