Volta Nacional: “Renegociação com a banca atrasa recompra de 50% da TAP”

Volta Nacional: “Renegociação com a banca atrasa recompra de 50% da TAP”

Correio da Manhã
“5 mil passageiros ficaram em terra”
Cerca de cinco mil passageiros ficaram impedidos de embarcar nos respetivos voos de sábado, devido à greve dos trabalhadores de segurança. Segundo a ANA – Aeroportos de Portugal, a greve apenas teve impacto no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, onde garante não terem existido problemas de segurança.

Público
“Aumentos salariais na TAP ainda têm de passar pelo crivo do regulador”
Os aumentos salariais negociados entre a TAP e os sindicatos dos trabalhadores de terra ainda vão ter de ser aprovados pela Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), que em Fevereiro impôs restrições às decisões da companhia pelo facto de os seus accionistas não cumprirem as regras europeias. O regulador tinha prometido emitir até Agosto um parecer definitivo sobre o negócio, que poderia desbloquear a gestão, mas ainda continua a receber informações adicionais por parte da transportadora aérea para tomar uma posição final. “As medidas cautelares vigoram até à emissão do parecer definitivo”, garantiu ao PÚBLICO fonte oficial da ANAC. Destes bloqueios, impostos a 19 de Fevereiro deste ano, fazem parte a proibição de aumentar os salários dos trabalhadores sem autorização prévia do regulador, assim como a celebração de contratos acima de um milhão de euros, por exemplo. No entanto, a TAP já chegou a acordo com os sindicados sobre uma revisão salarial de 0,9% com retroactivos a Janeiro de 2016, que começará a ser paga já em Setembro, bem como um aumento do subsídio de refeição (de 4,68 para 6,10 euros) a partir do próximo ano.

“Ministro do Turismo indiano aconselhou turistas a não usar saias”
“Não use saias”. Foi este um dos conselhos dados por Mahesh Sharma, ministro do Turismo e da Cultura indiano, no passado fim-de-semana na cidade de Agra, durante a promoção de um kit que será entregue aos turistas que forem visitar a Índia, à chegada ao aeroporto. Agora, Sharma está a recuar nas suas declarações, depois de ter sido severamente criticado. Os avisos feitos pelo ministro do Turismo e da Cultura, do partido político Bharatiya Janata (nacionalista hindu), seriam para manter a segurança das mulheres que chegassem ao país, sugerindo que a forma de prevenir as violações de acontecerem estaria na indumentária das possíveis vítimas. “Há um cartão com uma lista das coisas que devem ou não fazer. São coisas básicas como ‘Não saia à noite sozinho’, ‘Não use saias’”, citou.

Negócios
“Renegociação com a banca atrasa recompra de 50% da TAP”
A Autoridade da Concorrência já deu luz verde à operação de controlo conjunto da TAP por parte da Parpública e da Atlantic Gateway, de Humberto Pedrosa e David Neeleman. Mas a não oposição deste regulador ao negócio não é ainda suficiente para permitir ao Estado concluir a compra das ações da companhia aérea que lhe vão assegurar 50% do capital. De acordo com as condições estabelecidas pelas partes, é ainda necessário que o Governo avance com a oferta pública de venda de 5% da companhia aérea junto dos trabalhadores, como decorre das lei das privatizações, e concluir a renegociação da dívida bancária do grupo.

Jornal i
“Controlo conjunto da TAP tem luz verde do regulador”
Autoridade da Concorrência aprova operação que faz com que o Estado fique com metade da companhia aérea.

“Hotéis com melhor primeiro semestre dos últimos 12 anos”
No mesmo dia em que foram revelados dados recorde na hotelaria, também a AHETA chamou a atenção para os arrendamentos para fins turísticos ilícitos, no Algarve, e pediu uma intervenção pública.

Jornal de Notícias

 

“Turismo low-cost ameaça glamour”
Iates que valem muitos milhões, carros topo de gama, restaurantes de luxo, e muita, muita gente a passear. É assim todos os dias nesta altura do ano na marina de Vilamoura, onde o glamour se mistura com a descontração dos transeuntes e as risadas que chegam das esplanadas, onde se consomem litros e litros de cerveja e vinho. Numa altura em que se anunciam grandes investimentos para os próximos anos, há quem considere que o espaço, apesar de continuar muito concorrido, já sofre com a crescente penetração do turismo low-cost.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo citação de informações.