31.º Congresso AHP: Revelados os oradores convidados para “Preparar o Amanhã” do Turismo

31.º Congresso AHP: Revelados os oradores convidados para “Preparar o Amanhã” do Turismo

Cerca de 400 hoteleiros da maior associação nacional de hotelaria e stakeholders da hospitality industry são esperados no 31.º Congresso anual da AHP, entre 20 e 22 de novembro, no Centro Cultural de Viana do Castelo. Ontem, a comissão organizadora do evento revelou à imprensa o Programa e Oradores convidados.

Tema: “Portugal, Preparar o Amanhã”

O Turismo afirma-se hoje como uma atividade económica fundamental para Portugal e um modo de afirmação da nossa identidade. Possuímos as fronteiras e história mais antigas da Europa, uma identidade de território, povo e língua de que nos orgulhamos, um povo resiliente, imaginativo, aberto, hospitaleiro, inclusivo. Somos únicos na nossa singularidade, que nos distingue e destaca de outros destinos e países.

Mas o Turismo tem ciclos de expansão e contração, estádios de maturação, concorrência e afirmação de modas, tendências e destinos. Os anos mais recentes em Portugal foram os do ciclo de expansão. Que sinais há no horizonte? Continuaremos a crescer? Como, onde, em que mercados e em que segmentos? Que indicadores temos hoje que nos permitem antecipar o que será o amanhã?

É este o tema central do Congresso, o ponto de partida para os vários painéis, nos quais irão participar prestigiados responsáveis políticos e empresários, nomes incontornáveis da hotelaria nacional e internacional.

Programa e Oradores

O Congresso abre dia 20 de novembro com o habitual Get Together, a partir das 19 horas, no Forte de Santiago da Barra.

No dia seguinte, a  sessão de abertura do primeiro dia de trabalhos, conta com uma intervenção de fundo do ministro da Economia do novo Governo. O primeiro painel, “Investimento hoteleiro em Portugal“, irá trazer-nos a visão dos grandes grupos hoteleiros portugueses, que irão partilhar as suas experiências e debater se ainda vivemos tempos de oportunidade para investimento e quais as vantagens e desvantagens da escala.

Convergência Ibérica. As oportunidades de Portugal em Espanha – Como seduzir Espanha?” é o tema do segundo painel do dia. Daniela Santiago, correspondente da RTP em Madrid; Javier Martin, correspondente do El Pais em Portugal; Maria de Lurdes Vale, coordenadora do Turismo de Portugal em Espanha; e Mafalda Bravo, nova country manager do grupo Ávoris em Portugal, compõem uma mesa redonda onde irão ser partilhadas experiências e visões sobre a relação entre as economias portuguesa e espanhola; quais os fatores de competitividade das respetivas economias e se é possível competir e simultaneamente cooperar. Porque Espanha é o segundo mercado emissor de hóspedes e o terceiro em receitas para Portugal, os convidados da AHP irão ainda refletir sobre a possibilidade de atrair turistas de Espanha, também a um nível de maior poder de compra.

O primeiro painel da tarde deste primeiro dia traz a debate os “Desafios da comercialização digital“. O que já mudou e o que vai mudar no negócio da Distribuição? Surgem constantemente novos desafios e novas oportunidades para vendermos mais e melhor. Uma análise aos desafios da comercialização digital de pequenas, médias e grandes unidades hoteleiras. Rik Plompen, director of Distribution Technology & Channel Analytics do Design Hotels; Paulo Duarte, diretor de Operações do Memmo Hotels; Sofia Brandão, diretora de Operações da AlmaLusa Hotels, são oradores já confirmados.

O primeiro dia termina com um debate sobre os desafios da oferta e procura nos principais mercados internacionais, no mercado da aviação. O painel “Game Changing: a transformação da Indústria da Aviação e as implicações para Portugal” terá como keynote speaker Gavin Eccles, consultor e professor universitário, e uma mesa redonda com representantes de uma companhia de bandeira, de uma companhia de voos charters e de uma low cost.

A tarde finda com um Outlook da operação da ANA e uma visão sobre as expectativas de crescimento para os aeroportos nacionais em 2020, por Francisco Pitta, administrador e Chief Commercial Officer da ANA – Aeroportos de Portugal. Findo o primeiro dia de trabalhos, a noite termina com um jantar oferecido pela Câmara Municipal de Viana do Castelo.

No dia 22 de novembro, entre as 9h00 e as 9h15, a PressReader, empresa de tecnologia que proporciona aos hóspedes uma experiência personalizada de acesso aos jornais e revistas de todo o mundo num único lugar, e que tem mais de 60 milhões de utilizadores, abre o segundo dia do Congresso com a apresentação “An awesome amenity for every type of guest“.

O primeiro painel deste segundo dia tem como tema “Crescer a Norte“. Em 6 anos, o turismo na região Porto e Norte cresceu fortemente, bem acima da média nacional. Como se faz a gestão do Turismo na região Norte? Numa mesa redonda com Mário Ferreira, CEO da Douro Azul; João Gomes da Silva, administrador e CSMO da Sogrape; Bernardo D’Eça Leal, managing Partner do The Independente Collective; e Paulo Garcia da Costa, owner do Vila Foz Hotel, vamos ficar a saber como encaram os empresários o crescimento atual e o potencial do Norte de Portugal e o que falta fazer. Será keynote deste painel Luís Pedro Martins, presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte.

A intercalar os painéis da manhã, teremos oportunidade de ouvir falar sobre “Como avaliar e valorizar o meu hotel: a visão de um investidor”. Esta comunicação será feita pela AURA REE, empresa especialista na assessoria estratégica a ativos imobiliários, que avalia e assessoria estrategicamente mais de 350 unidades hoteleiras em Portugal, Espanha e Itália.

O último painel do 31.º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo terá os olhos postos na autenticidade de Portugal, país genuíno e cheio de “luxos simples”. Será que a simplicidade é o verdadeiro luxo dos ricos? Se assim for, quais as oportunidades que temos no “novo” mercado do luxo? Como devemos ajustar a nossa oferta e a nossa comunicação? Como distribuir e como trabalhar os mercados com maior poder de compra?

Rodrigo Machaz, fundador da Memmo Hotels e Pedro Santa Clara, professor universitário, serão os keynote speakers deste painel, com o tema “As oportunidades que temos – a nossa singularidade“. Na mesa redonda, para uma abordagem aos mercados Americano, Brasileiro e Francês, estarão Adélia Carvalho, diretora Geral do Hotel Valverde; Samuel Torres de Carvalho, arquiteto, e Luís Sousa, owner da Mr Travel Portugal.

Após a entrega dos prémios AHP 2019, o encerramento do Congresso ficará a cargo de Raul Martins, presidente da AHP, e do novo secretário de Estado do Turismo, seguindo-se um almoço de despedida a Viana do Castelo.

As inscrições para o Congresso encontram-se abertas, os interessados poderão inscrever-se até 15 de novembro. As segundas inscrições e restantes da mesma entidade têm 25% de desconto. Para saber mais, visite o site do congresso: http://www.congressoahp.pt.