#ConselheiroAmbitur: A consolidação do mercado poderá ser uma saída para a enorme crise com que nos deparamos”

#ConselheiroAmbitur: A consolidação do mercado poderá ser uma saída para a enorme crise com que nos deparamos”

O setor do turismo está a retomar, gradualmente, alguma da sua atividade. Ambitur.pt quis saber, junto dos Conselheiros Ambitur, que alterações se podem prever no que diz respeito ao produto turístico e à distribuição, bem como quais as oportunidades com que o mercado se depara no atual contexto. Vítor Filipe, presidente da TQ Travel Quality, partilha connosco a sua visão.

Que mudanças pode trazer o atual contexto na distribuição/ comercialização do produto turístico em Portugal?
Penso ser relativamente prematuro antecipar grandes mudanças no contexto distribuição/ comercialização, contudo penso que é muito importante estarmos atentos. No caso específico da nossa empresa, em termos de DMC temos estado a criar nova programação para oferecer aos nossos parceiros; no capitulo do “outgoing” temos contatado os nossos clientes no sentido de os sensibilizar que estamos com eles para os servir e ajudar a resolver problemas.

Há oportunidades para consolidações no mercado?
A consolidação do mercado poderá ser uma saída para a enorme crise com que nos deparamos, provavelmente algumas empresas podem não resistir, a consolidação poderá ser uma via para resistirem e caminharem num novo rumo.

Este é um momento que pode ser encarado para um maior profissionalismo na gestão das empresas?
O profissionalismo da gestão é algo que todos os empresários do setor deviam ter sempre em mente, não é só nos momentos de crise que tal deve acontecer. Foi sempre assim que encarei a minha missão de gestor, hoje fico satisfeito de ter alguma margem de manobra para ultrapassar a atual situação. Embora reconheça que ainda não se consegue antecipar quando vai terminar este sufoco, e os negócios voltem ao seu percurso normal.

O que não ficará como dantes?
Não quero fazer futurologia, contudo espero que muitos dos nossos parceiros entendam quão importante é terem um bom relacionamento com o canal de distribuição, nomeadamente companhias aéreas e alguma hotelaria. É tempo de apoiarmos aqueles que têm estado ao nosso lado em todos os momentos.

Que mudanças ao nível internacional se apercebeu e considera que poderão ter impacto em Portugal, na distribuição/ comercialização turística?
Penso que o relativo sucesso que o nosso país tem tido no combate a esta pandemia, poderá ser uma mais-valia para o destino Portugal. Embora também se tenham cometido alguns erros, contudo o balanço continua positivo comparativamente com a maioria dos destinos nossos concorrentes.