Águeda: O Natal chegou mais cedo

Águeda: O Natal chegou mais cedo

No concelho de Águeda, o Natal chegou mais cedo este ano trazendo consigo o Maior Pai Natal do Mundo, uma imagem de marca desta época do ano. No dia 7 de novembro, a Câmara Municipal de Águeda ligou as iluminações

Foto de Mário Abreu

que dão início à comemoração desta altura festiva. A campanha natalícia arrancou um mês antes do habitual, uma decisão que se deve a querer proporcionar às pessoas um período mais alargado para desfrutarem das decorações de Natal e fazerem as suas compras no comércio local.

A antecipação tem em conta todas as contingências provocadas pela pandemia da Covid-19. Mas, apesar dos condicionamentos atuais, a autarquia de Águeda continua a surpreender os seus habitantes e visitantes com as iluminações e decorações natalícias que se estendem por várias ruas, largos e praças da cidade, num investimento de cerca de 290 mil euros.

O principal objetivo deste evento é a promoção da atividade comercial que tem sido duramente atingida pelo momento que se vive.

“Todos sabemos a situação difícil por que estamos a passar, inclusivamente o comércio local, pelo que, antecipando as decorações de Natal, proporcionamos um período mais alargado para que as pessoas possam vir a Águeda”, afirma Edson Santos, vice-presidente da Câmara de Águeda, apelando para que todos cumpram as orientações da Direção-Geral de Saúde no que respeita às aglomerações, ao distanciamento social e à etiqueta respiratória.

“Usar a máscara, manter a distância de dois metros e não contribuir para a aglomeração de pessoas são as atitudes e comportamentos que esperamos que sejam cumpridos por todos quantos nos visitem nesta época”, defende, acrescentando que, ao contrário de outros anos, não haverá a habitual animação de rua, momentos que poderiam atrair e concentrar um maior número de pessoas.

Este artigo foi publicado na edição 332 da Ambitur. Fotos de Mário Abreu