AHP “aplaude” medidas anunciadas pelo Governo e abre página de informação específica

AHP “aplaude” medidas anunciadas pelo Governo e abre página de informação específica

Categoria Advisor, Associativismo

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal recebeu com satisfação as medidas anunciadas ontem pelo Governo, sobretudo a alteração à Portaria do “Lay Off simplificado” totalmente desajustada, até às alterações introduzidas ontem, das necessidades do setor.

A AHP tem estado em diálogo permanente com o Governo e a trabalhar diariamente para apresentar ao Governo propostas, de intervenção e de alteração a medidas que se menos corretas ou desajustadas ou insuficientes à nossa realidade.

Raul Martins, presidente da AHP, reage: “As primeiras medidas anunciadas estavam desajustadas à realidade da hotelaria, estamos a falar tanto da linha de financiamento de 200 milhões, montante manifestamente insuficiente  face à situação de praticamente quebra total da atividade; quer sobretudo da portaria feita para  a manutenção dos postos de trabalho e apoios às empresas, denominada “lay off simplificado”, que não era, de todo, pensada para o nosso  setor. Estarmos 3 meses à espera que as receitas baixassem 40% face ao período homólogo  era inviável. Significava o fim imediato de muitas empresas hoteleiras. As medidas anunciadas ontem já estão claramente mais pensadas para o nosso setor.”

“É certo que esta alteração ainda obriga a uma compasso de espera difícil e temos de usar todos os outros mecanismos de apoio, fiscais e de segurança social. Mas estamos a viver um momento sem precedentes e o Turismo a atravessar uma crise repentina e esmagadora. Temos de assumir um esforço coletivo. A AHP está a acompanhar todos os hoteleiros, porque todos estão a sentir um severíssimo impacto nas suas unidades, nos seus negócios, mas estão preocupados e cientes das suas responsabilidades perante a comunidade e, sobretudo, os seus trabalhadores. Sabemos que o Governo está fortemente empenhado em apoiar as empresas e o emprego e a alocar o máximo de recursos possíveis, gerindo a situação progressivamente. As linhas abertas, no valor de mais de mil milhões de euros, são testemunho da preocupação e atenção dada ao Turismo. Esperamos que, se forem necessárias outras medidas e ajustamentos, possamos também ter resposta célere da tutela do Turismo. E que a resposta da Segurança Social na operacionalização do apoio seja célere. Mas temos de ir medindo o pulso à situação. Para já assistimos a um encerramento progressivo de praticamente todas as unidades hoteleiras nossas associadas”, conclui.

Para dar resposta aos seus associados, a AHP preparou um conjunto de FAQs, bem como uma linha específica de atendimento (telemóvel e endereço de email). Adicionalmente, foi criada uma página aberta a todos, especialmente com informação mais dirigida para comunidade hoteleira: covid-19.hoteis-portugal.pt, para a divulgação dos principais documentos e orientações, também da própria AHP.