AHP esclarece com a DGS sobre procedimentos a adotar na hotelaria face ao COVID-19

AHP esclarece com a DGS sobre procedimentos a adotar na hotelaria face ao COVID-19

Categoria Advisor, Associativismo

A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) reuniu esta quinta-feira, dia 27 de fevereiro, na Direção Geral da Saúde com a diretora-geral, Graça Freitas, para esclarecer quais os procedimentos a adotar na hotelaria, relativamente ao novo Coronavírus.

Com o aumento do número de casos de doentes infetados com o Coronavírus (COVID-19), bem como a expansão geográfica do vírus, foram “várias as manifestações de preocupação e pedidos de esclarecimento por parte dos associados da AHP”, pode ler-se no comunicado enviado à imprensa.

Nesse sentido, a AHP solicitou à DGS uma reunião específica que contou com a presença de representantes da Direção da Associação; do chefe de Gabinete da Secretária de Estado do Turismo; de representantes do Turismo de Portugal e da Confederação do Turismo de Portugal. Estiveram também ligados, por vídeo conferência, os representantes regionais da AHP e os presidentes das Entidades Regionais de Turismo.

A AHP realça no mesmo comunicado que desta reunião resultou o reforço de orientações e procedimentos a adotar nas unidades hoteleiras: na receção e acolhimento dos hóspedes; no que respeita a cuidados de limpeza e higienização; e nos procedimentos a seguir quando surge um caso suspeito de infeção e como é feito o seu encaminhamento dentro do hotel e para as autoridades de saúde.

A diretora-geral da Saúde recordou que todos as medidas aplicadas em Portugal estão articuladas com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e, no caso dos aeroportos e companhias aéreas, da IATA.

Questionada pela AHP, Graça Freitas comprometeu-se a divulgar, nos próximos dias, uma orientação específica para a Hotelaria, à semelhança das já divulgadas para as empresas, aeroportos, companhias aéreas, agências de navegação, autoridades marítimas e autoridades portuárias (disponíveis no site da AHP e da DGS).

A AHP lançou, também, esta semana um kit de boas práticas e orientações, reunidas a partir do estudo cuidado das recomendações mais atuais dos organismos competentes, tanto a nível nacional como internacional e que distribuiu em formato digital junto dos hotéis seus associados. Estas recomendações poderão ser impressas e afixadas em locais considerados pertinentes pelos hoteleiros, quer em áreas privadas, quer públicas dos estabelecimentos.

Estão também asseguradas informações periódicas em articulação com a Direção Geral de Saúde e com o Turismo de Portugal.