AHP: principais destinos com ocupações de 90% na Páscoa

AHP: principais destinos com ocupações de 90% na Páscoa

Através de um inquérito realizado esta segunda feira pela AHP, vários hoteleiros associados apontaram um crescimento generalizado na ocupação para esta fim de semana de Páscoa. 56% dos inquiridos espera assim, ter uma melhor taxa de ocupação face a 2016.

Nos principais destinos como Lisboa, Algarve e Madeira, os hoteleiros inquiridos demonstraram um maior otimismo em relação à superação do resultados de 2016, sendo que referem taxas de ocupação a ultrapassar os 90%.

No entanto, o aumento da ocupação no período de Páscoa evidencia-se em todo o território. De acordo com o testemunho de hoteleiros associados, na cidade do Porto a taxa de ocupação ronda os 98%, nos Açores, particularmente na ilha de São Miguel, atingem-se valores próximos dos 100%, mas também no Alentejo e em alguns pontos da Região Centro, nomeadamente na Serra da Estrela, se evidenciam taxas de ocupação muito elevadas.

Paralelamente, 70% dos inquiridos esperavam ter um preço médio por quarto ocupado superior àquele conseguido na Páscoa de 2016, sendo que neste início de semana já se verifica uma melhor performance de preço, em particular nas cidades de Lisboa e Porto e nas regiões do Alentejo e Algarve.

Em termos de estada média, mantém-se os 3 dias na generalidade das regiões (excetuando-se a Madeira, com 8 dias). No entanto a região do Algarve está a evidenciar uma tendência de subida face a 2016, fruto de uma previsão meteorológica otimista.

Ao nível dos mercados e depois de Portugal, que ocupa a primeira posição, com 24% dos hóspedes, segue-se a Espanha, com 22% dos hóspedes e a França, com 13%. O Reino Unido ocupa o quarto lugar da tabela com 11%.