AHRESP lança estágios para restauração portuguesa no estrangeiro

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) está a desafiar os alunos das Escolas de Hotelaria e Turismo do Turismo de Portugal a estagiarem no estrangeiro através da Rede de Restaurantes Portugueses no Mundo, que já integra 100 restaurantes de vários países da Europa e América do Sul.

José Manuel Esteves, diretor geral da AHRESP, explica em comunicado que estão “a iniciar com estágios de verão, de junho a setembro deste ano, a realizar nos restaurantes portugueses já certificados com a marca Taste Portugal”. Os alunos das Escolas de Hotelaria e Turismo terão a excelente oportunidade de realizarem um estágio internacional através de uma bolsa de estágio mensal, com viagens e alojamento incluídos”, sublinha.

Recorde-se que o Taste Portugal tem como objetivo promover a gastronomia portuguesa e a internacionalização das empresas portuguesas e apoiar e certificar os restaurantes portugueses no estrangeiro. Numa primeira fase, o programa já permitiu a identificação e qualificação de cerca de 100 restaurantes em seis países – Espanha, França, Alemanha, Reino Unido e Brasil e Canadá – e não só divulga estes restaurantes, através de uma plataforma gastronómica, mas também constitui um repositório de informação sobre a gastronomia nacional.

O objetivo da AHRESP é estender o programa a todos os continentes e países onde existam marcas  da cultura gastronómica portuguesa. Durante o segundo semestre deste ano, terá início uma nova fase do Taste Portugal em países como os Estados Unidos, Canadá, Suíça, Bélgica, Luxemburgo, Holanda e China.

O Programa Rede de Restaurantes Portugueses é concretizado com o apoio essencial do Ministério dos Negócios Estrangeiros, através da Secretaria de Estado das Comunidades, e de toda a rede diplomática, incluindo Embaixadores e Consulados, para além da dinâmica da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, do Ministério da Economia, através do Turismo de Portugal e da Minha Terra – Federação Portuguesa das Associações de Desenvolvimento Local.

*Foto de Reuters