“Ainda dizem Meo Arena, embora saibam que é Altice”

“Ainda dizem Meo Arena, embora saibam que é Altice”

O antigo Meo Arena, localizado no Parque das Nações, em Lisboa, que anunciou a mudança de nome para Altice Arena na sequência de um rebranding, no final de 2017, está confiante de que este ano a tendência será de crescimento. Joana Melo, comercial manager Corporate Events do Altice Arena, que partilhava as suas perspetivas com a Ambitur.pt na 16ª IMEX, em Frankfurt, na Alemanha, disse que um dos indicadores mais fortes é a realização do Web Summit 2017 ou do Festival Eurovisão, que terminou no passado sábado, dia 13 de maio, no venue.

O Web Summit realizou-se no Altice Arena de 6 a 9 de novembro de 2017.

Embora considere que a transição de nome do pavilhão multiusos foi “um processo pacífico, dentro do possível”, a responsável revela que parte das pessoas “ainda dizem Meo Arena, embora saibam que é Altice”. Joana Melo disse, porém, que isso não atrapalhou o negócio no espaço com um recinto de 10 mil metros quadrados e capacidade para cerca de 20 mil pessoas.

De acordo com a responsável, “começa a ser cada vez mais importante contactarem-nos com antecedência”, acrescentando que, este ciclo virtuoso será para manter em 2019. O espaço tem já “a agenda bastante preenchida” para esse ano, adiantou a responsável.

Certa de que o investimento em novas unidades por todo o país vai impulsionar o turismo de negócios, a comercial manager Corporate Events do Altice Arena reconhece que, apesar do bom momento, a capacidade hoteleira em Portugal constitui um constrangimento para o segmento de Meetings, Incentives, Conferences, and Exhibitions. “Decorrem muitos eventos em simultâneo e os hotéis em Lisboa, por exemplo, não têm por vezes capacidade de resposta em simultâneo”, explica, sublinhando que, ainda assim, “está muito melhor do que já foi”.

*A Ambitur está presente a distribuir a edição 311 da sua publicação mensal.

Rita Rebelo, na 16ª IMEX, em Frankfurt, na Alemanha.