Air France vai ter quase 100% da sua oferta pré-pandemia este inverno em Portugal

Air France vai ter quase 100% da sua oferta pré-pandemia este inverno em Portugal

Categoria Business, Transportes

No quadro do levantamento das restrições de viagem e da retoma do tráfego para vários destinos, a Air France está a reforçar a sua oferta para a época de inverno (outubro de 2021 – março de 2022). Estes destinos podem ser alcançados a partir de Lisboa, do Porto ou agora de Faro no Inverno (em continuação do verão) via hub da companhia em Paris-CDG.

A companhia oferece até 182 destinos (87 de longo-curso e 95 de curto e médio-curso), com novidades em todos os continentes.

Em Portugal, a principal novidade este inverno é a extensão do serviço Faro – Paris-CDG. Esta rota sazonal foi inaugurada pela primeira vez em julho de 2020 e operou também este verão. Agora, a companhia aérea decidiu estendê-la durante o programa de inverno.

Assim, a Air France oferece rotas entre Paris-CDG e três aeroportos portugueses (Lisboa, Porto e Faro, agora também no inverno). Esta oferta é complementada pela do seu parceiro dos Países Baixos, a KLM, com voos entre Lisboa ou Porto e Amesterdão-Schiphol.

“Para fazer face à progressiva recuperação da procura portuguesa, a Air France vai oferecer este inverno voos regulares a partir de três aeroportos portugueses, estendendo pela primeira vez a rota sazonal Faro – Paris-CDG. Em termos de oferta, vamos atingir praticamente o mesmo nível de 2019 (96%). Além disso, temos também o maior orgulho e prazer em oferecer ao nosso cliente português, este inverno, a nossa nova aeronave de última geração, o Airbus A220-300”, afirmou Laurent Perrier, diretor-geral da Air France-KLM para Espanha e Portugal.

Longo-curso: prossegue a reabertura da rede e é fortalecida a oferta “lazer”

Este inverno, a Air France adiciona quatro destinos à sua rede com partida de Paris-Charles de Gaulle (CDG):
• Zanzibar (Tanzânia): dois voos/semana em continuação de Nairobi a partir de 18 de outubro de 2021;
• Mascate (Sultanato de Omã): três voos/semana a partir de 31 de outubro de 2021;
• Colombo (Sri Lanka): três voos/semana a partir de 1 de novembro de 2021;
• Banjul (Gâmbia): sete voos/semana a partir de 1 de novembro de 2021.

A Air France vai ainda retomar os voos para escalas fechadas depois do início da crise COVID: Fortaleza (Brasil, três voos/semana a partir de 22 de outubro de 2021), Mahé (Seychelles, dois voos/semana a partir de 23 de outubro de 2021), Cidade do Cabo (África do Sul, três voos/semana a partir de 31 de outubro de 2021), Hong Kong (China, um voo/semana a partir de 5 de novembro de 2021) e Seattle (EUA, três voos/semana a partir de 6 de dezembro de 2021). O serviço para Port-Louis (Maurícias) foi já retomado a 5 de outubro de 2021 com sete voos semanais.

Na sequência da suspensão das restrições para viajantes vacinados prevista para novembro de 2021, a Air France vai fortalecer gradualmente a sua oferta de/para os Estados Unidos, onde serve 11 destinos (Nova Iorque-JFK, Boston, Washington-DC, Detroit, Atlanta, Chicago, Miami, Houston, Seattle, San Francisco, Los Angeles) com até 100 voos por semana. A partir de agora e até março de 2022, a Air France prevê regressar a uma oferta de cerca de 90% da capacidade proposta em 2019 (face aos 50% no verão de 2021), adicionando frequências para destinos importantes como Nova Iorque, Miami ou Los Angeles, e usando aviões de maior capacidade.

No longo curso, a Air France vai igualmente ligar Paris-Orly a Saint-Martin a partir de 4 de dezembro, com 3 voos semanais. Esta oferta complementa a que parte de Paris-CDG, elevando para 10 o número de voos semanais oferecidos para este destino. Saint-Martin junta-se assim a Cayenne, Pointe-à-Pitre, Fort-de-France e Saint-Denis de A Reunião na lista de destinos oferecidos pela Air France a partir destes dois aeroportos parisienses, permitindo ligações em toda a rede de curto, médio e longo-curso.

Finalmente, a Air France vai ampliar a oferta da Rede Regional das Caraíbas com a abertura de duas novas rotas a partir de Pointe-à-Pitre:
• Montreal (Canadá): dois voos/semana a partir de 23 de novembro de 2021;
• Nova Iorque (EUA): dois voos/semana a partir de 24 de novembro de 2021.

Médio-curso: lançamento do Airbus A220 da Air France e rotas sazonais

A época de inverno vai ser marcada pela entrada ao serviço comercial do Airbus A220 da Air France, o novo avião emblemático da frota de curto e médio-curso da companhia. Este novo aparelho, que é mais amigo do ambiente, com 20% a menos de emissões de CO2 e uma pegada sonora reduzida em 34%1, passa a voar, a 31 de outubro, para Berlim (Alemanha), Madrid e Barcelona (Espanha), Milão e Veneza (Itália) e, de seguida, ao longo o inverno, para Bolonha, Roma (Itália), Lisboa (Portugal) e Copenhaga (Dinamarca).

Ao mesmo tempo, a Air France vai continuar a diversificar a sua rede de curto e médio-curso com dois novos destinos a partir de Paris-CDG:
• Tenerife (Ilhas Canárias, Espanha): dois voos/semana a partir de 1 de novembro de 2021
• Rovaniemi (Lapónia, Finlândia): dois voos/semana de 4 de dezembro de 2021 a 5 de março de 2022.

As linhas estivais operadas entre Paris-Charles de Gaulle e Sevilha (Espanha), Las Palmas (Ilhas Canárias, Espanha), Palma de Maiorca (Ilhas Baleares, Espanha), Tânger (Marrocos), Faro (Portugal), Djerba (Tunísia) e Cracóvia (Polónia) serão igualmente estendidas no inverno de 2021.

A partir de Paris-Orly, a Air France vai abrir uma rota para Berlim (Alemanha) a 31 de outubro, com 1 voo diário, em complemento à oferta a partir de Paris-Charles de Gaulle.

Bilhetes 100% modificáveis e reembolsáveis até 31 de março de 2022

A Air France sublinha que, no âmbito da sua política comercial, oferece atualmente bilhetes 100% modificáveis para viagens até 31 de março de 2022. Os clientes continuam, assim, a poder modificar as suas reservas gratuitamente ou obter um crédito reembolsável3, caso não desejem viajar.

Mais de 130 rotas elegíveis para o serviço de verificação de documentos Ready To Fly

Em julho passado, a Air France lançou o Ready To Fly, um serviço gratuito e opcional que permite aos clientes requerer e receber a confirmação de que possuem todos os documentos e justificativos sanitários necessários para viajar antes de irem para o aeroporto. Isto permite viagens mais serenas e um percurso mais fluido, evitando múltiplas verificações no dia da partida.

O Ready To Fly está já disponível em mais de 130 rotas e 65 aeroportos da rede Air France.