Air Transat reembolsa passageiros dos créditos de viagem emitidos devido à Covid-19

Air Transat reembolsa passageiros dos créditos de viagem emitidos devido à Covid-19

Categoria Business, Transportes

A Transat anunciou que, após a realização de um acordo de financiamento com a Canada Enterprise Emergency Funding Corporation (CEEFC), poderá reembolsar todos os passageiros que receberam um crédito de viagem, devido a viagens canceladas após 1 de fevereiro de 2020, como consequência da pandemia de Covid-19. Esta política de reembolsos aplica-se a voos e pacotes reservados até 29 de abril de 2021.

No futuro, e caso a AirTransat se veja forçada a fazer alterações nos seus programas de voo, fruto da pandemia, os clientes afetados também terão direito ao respetivo reembolso, reforça, no mesmo comunicado.

“Esperámos impacientemente por este momento e sabemos que nossos clientes também.”, disse Annick Guérard, diretor de Operações da Transat.

Segundo os parâmetros estabelecidos pelas autoridades governamentais, quem possui crédito de viagem deverá enviar o seu pedido de reembolso à Air Transat até o dia 26 de agosto de 2021. Devendo para tal preencher o formulário de solicitação disponível em www.airtransat.com/refunds o mais rápido possível e, no caso dos parceiros agentes de viagens, através do seu GDS.

Se reservaram originalmente com uma agência de viagens física ou online, os passageiros deverão contactar o respetivo agente ou agência, e solicitar o reembolso através da mesma.

“Os agentes de viagens têm demonstrado uma resistência e apoio incríveis ​​desde o início da crise”, acrescenta Guérard. “É por isso que temos o prazer de confirmar que as comissões ganhas pelos agentes serão mantidas, mesmo que os seus clientes optem por um reembolso.”