AirHelp: Cinco aeroportos portugueses entre os 50 com mais atrasos na Europa

AirHelp: Cinco aeroportos portugueses entre os 50 com mais atrasos na Europa

Voos com partida de Portugal e da Grécia são os que apresentam maior probabilidade de atrasos, segundo apontam as tendências do mais recente ranking elaborado pela AirHelp. Os aeroportos de Mykonos (Grécia), Ponta Delgada e Lajes (ambos dos Açores) estão no topo do ranking dos aeroportos que registaram mais atrasos no período de junho e julho. No Top 10 dos menos cumpridores de horários encontra-se ainda o Aeroporto de Lisboa. Aproximadamente cinco em cada 10 voos que partiram destes aeroportos aterraram no destino com mais de 15 minutos de atraso ou foram cancelados. Portanto, se ainda estiver a planear umas férias de fim de verão, é muito provável que o voo não seja pontual.

No Top 50 elaborado pela AirHelp, surgem cinco aeroportos portugueses. Além dos Aeroportos de Ponta Delgada e Lajes, nos quais cerca de 48% e de 46% dos voos, respetivamente, partem com atraso, encontramos ainda os Aeroportos de Lisboa, da Madeira e do Porto. No aeroporto da capital, quatro em 10 voos sofreram perturbações no período em análise. Os Aeroportos da Madeira e do Porto apresentam melhores performances, mas ainda assim com mais de um quarto dos voos (28% e 25%, respetivamente) a não cumprirem o horário previsto.

 

Pontualidade dos aeroportos portugueses

 

Posição no Top 50 Aeroporto de partida Taxa de pontualidade
2 Ponta Delgada (PDL) 52,4%
3 Lajes (TER) 54,4%
10 Lisboa (LIS) 62,1%
38 Madeira (FNC) 72,4%
48 Porto (OPO) 75,2%

Na tabela geral, surgem muitos aeroportos do sul europeu com elevadas taxas de atraso, coincidindo com muitos destinos escolhidos para as férias de verão. A AirHelp sugere aos passageiros que vão viajar a partir destes locais que tenham em conta as elevadas probabilidades de enfrentarem atrasos e planeiem mais tempo para a viagem, para evitar o incumprimento de compromissos.

Karin Herbsthofer, especialista em direitos dos passageiros aéreos da AirHelp, comenta: “Se os passageiros forem afetados por problemas no seu voo, encorajamos que verifiquem se têm direito a receber uma compensação financeira da companhia aérea. Uma alternativa é a nossa ferramenta online gratuita, disponível no site da AirHelp. Quem parte de um aeroporto europeu com um atraso de mais de 3 horas, tem o voo cancelado ou é impedido de embarcar tem grandes hipóteses de receber até 600 euros em compensação”.

Quais são os direitos dos passageiros?
De acordo com o regulamento europeu EC 261, atrasos superiores a três horas, cancelamentos e impedimentos de embarque podem dar direito a uma compensação de até 600 euros por passageiro. A legislação abrange todos os voos que partem de um aeroporto da UE e todos os voos que aterram em aeroportos da UE, desde que sejam operados por companhias aéreas da UE. O valor da compensação é calculado de acordo com a distância da rota. No entanto, se a perturbação for causada por circunstâncias fora do controlo da companhia, não serão elegíveis para compensação. O pedido de compensação pode ser submetido até três anos depois da data do voo.

Os 50 aeroportos europeus com mais atrasos

(Análise de aeroportos da Europa, de 1 de junho a 31 de julho de 2019)

 

  País Aeroporto de partida Taxa de pontualidade
1 Grécia Mykonos (JMK) 47,1%
2 Portugal Ponta Delgada (PDL) 52,4%
3 Portugal Lajes (TER) 54,4%
4 Grécia Santorini (JTR) 56,1%
5 Itália Malpensa (MXP) 58,6%
6 Reino Unido Londres Gatwick (LGW) 59,2%
7 Grécia Atenas (ATH) 60,3%
8 Itália Veneza (VCE) 61,1%
9 Eslovénia Liubliana (LJU) 61,5%
10 Portugal Lisboa (LIS) 62,1%
11 Alemanha Frankfurt (FRA) 63,3%
12 Croácia Split (SPU) 63,4%
13 Croácia Zagreb (ZAG) 63,6%
14 Croácia Pula (PUY) 65,0%
15 Croácia Dubrovnik (DBV) 65,6%
16 Suíça Genebra (GVA) 66,1%
17 Áustria Viena (VIE) 66,8%
18 Reino Unido Bristol (BRS) 67,2%
19 Alemanha Berlim Tegel (TXL) 67,3%
20 Alemanha Colónia-Bona (CGN) 67,7%
21 França Paris Charles de Gaulle (CDG) 67,8%
22 Alemanha Munique (MUC) 68,1%
23 Suíça Zurique (ZRH) 68,1%
24 Reino Unido Edimburgo (EDI) 68,5%
25 Reino Unido Londres Heathrow (LHR) 68,5%
26 Reino Unido Birmingham (BHX) 69,3%
27 Alemanha Hanôver (HAJ) 69,4%
28 Holanda Amesterdão Schiphol (AMS) 69,5%
29 Croácia Zadar (ZAD) 70,2%
30 Bélgica Bruxelas (BRU) 70,2%
31 Hungria Budapeste (BUD) 70,3%
32 Reino Unido Londres (LCY) 70,4%
33 Reino Unido Inverness (INV) 70,7%
34 Suécia Estocolmo-Arlanda (ARN) 70,8%
35 Itália Naples (NAP) 71,2%
36 Alemanha Hamburgo (HAM) 71,4%
37 Itália Florença (FLR) 72,0%
38 Portugal Madeira (FNC) 72,4%
39 República Checa Praga (PRG) 72,5%
40 Alemanha Düsseldorf (DUS) 73,2%
41 Reino Unido Manchester (MAN) 74,0%
42 Itália Roma Leonardo da Vinci (FCO) 74,1%
43 Reino Unido Belfast (BFS) 74,7%
44 Espanha Barcelona (BCN) 74,7%
45 Alemanha Stuttgart (STR) 74,9%
46 Dinamarca Copenhaga (CPH) 74,9%
47 Suíça EuroAirport Basel-Mulhouse-Freiburg (BSL) 75,1%
48 Portugal Porto (OPO) 75,2%
49 Noruega Oslo (OSL) 75,4%
50 Reino Unido Jersey (JER) 75,6%