Albufeira: “Vamos ter um verão tranquilo e com mais qualidade”

Albufeira: “Vamos ter um verão tranquilo e com mais qualidade”

Categoria Advisor, Política

A região do Algarve “vive” do turismo e Albufeira não é exceção. As praias estão abertas ao público mas podem voltar a ser interditas caso as regras não sejam cumpridas e a autarquia estuda agora um conjunto de propostas para a reabertura da animação noturna tão sua característica. Com os devidos cuidados, a Câmara Municipal de Albufeira espera um verão “diferente” mais tranquilo e com “maior qualidade”. 

O autarca de Albufeira, José Carlos Rolo, confia que este verão será “diferente” mas que ainda “vamos a tempo de iniciar uma recuperação que possa vir sempre em crescendo”, como deixou claro na recente conferência sobre “Como o Algarve se prepara para o verão”, organizada pela Rickytravel. É que “as paisagens e praias continuam cá” assim como o “saber receber” de todos os profissionais que, ao longo dos anos, “têm contribuído para que o Algarve seja um dos destinos turísticos mais procurados do mundo”.

O importante agora, argumenta,  é “promover e transmitir confiança a todos aqueles que nos visitam” sendo que a segurança era já “um dos vetores principais da procura de um destino turístico” no domínio público e balnear, aos quais se junta a segurança sanitária. José Carlos Rolo atenta que Portugal e o Algarve estão a ser “um bom exemplo onde as situações relacionadas com a Covid-19 não foram dramatizadas nem dramáticas” e que esse poderá ser um “trunfo extraordinário” na retoma turística.

Medidas implementadas em Albufeira

Segundo o presidente, “os municípios têm tido um papel extremamente importante” quer ao nível de contenção do vírus como dos apoios económicos prestados. Nesse sentido, a CM de Albufeira isentou as empresas de tarifas fixas (ex. água e resíduos) e de esplanadas, as últimas até 30 de junho, e “está a ser preparada a extensão desse prazo de forma bastante generosa”, avança. Em apenas três meses, a autarquia terá gasto cerca de quatro milhões de euros para fazer face à Covid-19.

Além disso, todas as praias de Albufeira são concessionadas pelo que houve uma reunião com os responsáveis para que as mesmas “estejam devidamente condicionadas”. O autarca avisa que “se houver prevaricação, as praias encerram e todos somos prejudicados”.

Em termos de animação noturna, bares e discotecas, José Rolo afirma que “temos em cima da mesa um conjunto de propostas e de possibilidades, tendo em conta as regras que vão sair, para o funcionamento e realização desses eventos até 30 de setembro”. Deverá ser publicado, na próxima semana, um “programa” já com algumas medidas para o efeito.

Por fim, estão a ser levadas a cabo ações de formação online para os vários players, desde o comércio local à hotelaria, e “estamos a iniciar uma ação forte de sensibilização para o cumprimento das regras”. O autarca acrescenta que “temos de ter responsabilidade a nível coletivo e individual”.

“Todos desejamos que o turismo seja a alavanca”

José Rolo assegura que “temos excelentes profissionais e gestores na hotelaria e restauração que irão ter a sua responsabilidade individual, para que possamos ter um destino seguro a todos os níveis” até porque “todos desejamos que o turismo português seja a alavanca” da recuperação económica. No entanto, “é preciso que os turistas cheguem” até ao Algarve e, para o efeito, defende a criação de “incentivos para as deslocações”.

Em suma, o presidente da CM de Albufeira acredita que “vamos ter um verão muito tranquilo em que os próprios profissionais vão servir com mais qualidade”, facilitada por um número mais reduzido de clientes. “Nos outros anos, dada a grande procura, a qualidade baixava e havia um monte de críticas”, relembra. Assim, “o serviço vai ser muito mais atencioso” o que será “um bom cartão de visita” para a região do Algarve e para a cidade de Albufeira.