ANA pede presença de “entidade competente em matéria de saúde pública”

ANA pede presença de “entidade competente em matéria de saúde pública”

Categoria Business, Transportes

Desde o dia 7 que o INEM deixou de fazer a contra verificação de febre em passageiros que acusavam temperaturas altas ao passar pelos pórticos e infravermelhos, instalados a meio de março pela ANA, em cinco aeroportos – Porto, Lisboa, Faro, Funchal e Ponta Delgada. Tratou-se de uma decisão do Ministério da Saúde e do Ministério das Infraestruturas e Habitação, avança o Jornal de Notícias.

A ANA, gestora aeroportuária, pede que seja restabelecida a presença de uma “entidade competente em matéria de saúde pública”.

Aeroporto do Porto