Ano “agridoce” para o Brasil pode antecipar um 2017 de afirmação

Ano “agridoce” para o Brasil pode antecipar um 2017 de afirmação

Um ano de afirmação é a expectativa dos operadores Solférias e Exóticoonline face ao comportamento dos turistas portugueses relativamente ao Brasil durante 2017, depois de um 2016 que foi algo “agridoce”. Se no início deste ano existia uma certa euforia relativamente aos indicadores da procura relativamente ao Brasil, que se confirmaram de imediato, “pois as vendas começaram em alta”, algo mudou logo de seguida. “Depois veio a triste notícia do Zika e tivemos uma queda generalizada das vendas, inclusive cancelamentos de grupos na época da Páscoa”, indicou Sónia Regateiro, responsável da Solférias, em conferência de imprensa. A responsável referiu ainda que “em julho/agosto contávamos com quebras na ordem dos 40% em relação ao ano passado”.

Mas tudo se inverteu novamente. “Nota-se então a partir dessa altura uma grande recuperação do destino, sendo que no final de setembro já só estávamos 17% abaixo face a 2015”, acrescentou a responsável. Sendo assim que expectativas existem a 31 de dezembro? Para Sónia Regateiro, “o nosso objetivo ainda é ultrapassar os números do ano passado para o destino, mas sendo realistas, se atingirmos o mesmo número de passageiros (3500) já é muito bom face à recuperação que resultou de estarmos de março a setembro sem vender Brasil. Se isto acontecer já será um feito quase histórico”.

Para Miguel Ferreira, diretor-geral da Exoticoonline, o discurso é idêntico: “o ano passado atingimos os 2500 passageiros, se neste momento atingirmos esse número será magnífico”.

Recorde-se que só em dezembro os dois operadores preveem movimentar cerca de 2500 passageiros para o Brasil entre os charters Hi Fly (1200) e voos da TAP. Acreditando Miguel Ferreira que “tudo leva a crer que no próximo ano o Brasil será então o ano de afirmação”.

Relativamente aos charters do Fim-de-Ano que os operadores têm para o Brasil, refira-se que o de dia 26 entre Porto e Salvador e, no mesmo dia, entre Lisboa e Fortaleza, estão cheios. Relativamente ao de dia 27 entre Lisboa e Salvador já poucos lugares restam, sendo que ainda há uma disponibilidade a registar na ligação de dia 27 entre Porto e Salvador e lugares com a TAP em outros dias e para outros destinos.

A conferência de imprensa decorreu em Lisboa, no âmbito do Roadshow 2016 “Sol e Férias num Brasil Exótico” que passou nos últimos dias por Funchal, Vigo, Porto, Coimbra e Lisboa.

Pedro Chenrim