APHORT promove colaboração próxima entre a hotelaria do Porto e o Super Bock Arena

APHORT promove colaboração próxima entre a hotelaria do Porto e o Super Bock Arena

Categoria Advisor, Associativismo

Os principais hotéis do Porto e a empresa responsável pela concessão do Super Bock Arena — o renovado Pavilhão Rosa Mota, cuja reabertura está prevista para o próximo mês de julho – vão estabelecer uma colaboração próxima, no sentido de tornar este novo equipamento numa referência para o turismo da região no que diz respeito à realização e acolhimento de eventos profissionais.

Esta decisão resultou de um encontro promovido pela APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo, no início desta semana, com o objetivo de potenciar a criação de um canal direto entre estas entidades. Durante esta reunião, os presentes tiveram a oportunidade de conhecer, em detalhe, as características e valências do projeto e de perceber o posicionamento do novo Pavilhão Rosa Mota, que terá a capacidade para acolher eventos até 8 mil pessoas e estará dotado das infraestruturas tecnológicas necessárias para a realização de eventos culturais, empresariais e desportivos.

De relembrar que a necessidade da criação de um equipamento multifacetado e com capacidade para receber a organização de grandes eventos na cidade do Porto, era uma questão há muitos anos reclamada pela APHORT.

“Os hotéis e outras entidades ligadas à indústria do turismo há muito que reconhecem a existência desta lacuna na oferta da cidade”, explica Rodrigo Pinto Barros, presidente da Associação. “Acreditamos que o novo Super Bock Arena irá dar um grande contributo para tornar o Porto num destino mais apelativo para o segmento da Meeting Industry e para o turismo de negócios. Este é um segmento estratégico não só para o Porto mas também para a região Norte, não só pela elevada receita que gera mas também pelo facto de contribuir para um aumento da procura deste destino ao longo de todo o ano. Esperamos, assim, que através desta colaboração próxima entre a hotelaria da cidade e o renovado Pavilhão seja possível aumentar a captação de congressos e outros eventos profissionais para o Porto”, acrescenta.