“As regras são tão dinâmicas que o verão está altamente comprometido”

“As regras são tão dinâmicas que o verão está altamente comprometido”

Categoria Business, Ot's Av's

O diretor geral do operador turístico Nortravel, Nuno Aleixo, integrou o leque de oradores da cimeira “Os Nossos Campeões” dedicada ao Turismo (organizada pelo Novo Banco e a SIC Notícias), e deu conta de que, a partir de março, a faturação da Nortravel foi “zero”, fruto da “realidade muito dura” de “parar tudo e reorganizar”.

Antes da pandemia, o responsável avança que “tínhamos muita antecipação de viagens” com “muitas reservas e um bom ritmo de vendas”. Além disso, tudo aconteceu “próximo de uma época muito forte do turismo dos portugueses, que é a Páscoa” e que ficou logo “totalmente arruinada”. Assim, o operador teve de “gerir toda a expectativa dos clientes que tinham marcado as suas férias de verão”.

Nuno Aleixo assegura: “Foi muito importante ter saído a legislação, no final de abril, que permitiu gerir os adiantamentos que os clientes deram às agências de viagens e transformá-los em vouchers. Se os reembolsos tivessem acontecido no imediato seria muito difícil a sobrevivência da maior parte das empresas deste setor.”

A Nortravel procura agora retomar a sua atividade e “agregar valor aos produtos que estruturamos”. No entanto, “as regras são tão dinâmicas, quer na aviação quer nos procedimentos de entrada nos países, que acredito que este verão está altamente comprometido”, defende. Na sua opinião, é necessário “estabilizar dentro de portas”, pois existem diferentes exigências entre os arquipélagos e o continente, e também a nível europeu.