Barcelos: Tradição e modernidade reconhecidas pela UNESCO

Barcelos: Tradição e modernidade reconhecidas pela UNESCO

Categoria Destinos, Explore

Uma imagem identifica Barcelos no país e no mundo – o Galo. Esta marca identitária transporta um património indelével que as gentes desta terra minhota têm preservado e acarinhado.

Intimamente ligada às rotas ancestrais dos Caminhos de Santiago e às raízes mais profundas das nossas tradições culturais e da História, a imagem do Galo é presença constante nas expressões da arte popular e do artesanato, um pouco por todo o concelho.

Com uma atividade artesanal muito viva na olaria (figurado e cerâmica), nos bordados e na tecelagem, na madeira, no ferro e na latoaria e ainda outras expressões de arte popular, Barcelos afirma-se como cidade criativa, conciliando as tradições populares com novas abordagens estéticas.

Deste modo se recriam os símbolos e se vivifica a identidade de um povo, num propósito recentemente reconhecido pela UNESCO: a integração de Barcelos na rede das Cidades Criativas, na área da arte popular e artesanato – única cidade com tal galardão em toda a Península Ibérica!

Barcelos é, também, um concelho rico em património edificado e património natural, com incontestáveis riquezas que deslumbram os visitantes e oferecem qualidade de vida a quem nela vive e trabalha.

A UNESCO reconheceu Barcelos como Cidade Criativa e essa é a melhor designação para uma terra que sabe conciliar neste tempo e neste território as tradições com a modernidade.

E esta é a porta mais ampla que se pode abrir a quem queira visitar ou a quem queira vir habitar Barcelos.

 

Para mais informações contacte o 253 809 600 ou através do e-mail turismo@cm-barcelos.pt.

Este artigo foi publicado na edição 307 da Ambitur.