1

Booking.com: Pandemia influencia visão dos viajantes sobre sustentabilidade

Um recente inquérito levado a cabo pela Booking.com revela que a pandemia está a influenciar a visão dos consumidores sobre a sustentabilidade e a forma como vão viajar no futuro. O inquérito online a quase 30 mil pessoas, em 30 países e territórios, indica que 46% dizem que a pandemia os fez querer viajar mais sustentavelmente no futuro. E, desde o primeiro estudo de turismo sustentável da Booking.com, em 2016, a percentagem de viajantes que pretendem ficar alojados num estabelecimento sustentável uma vez no próximo ano aumentou de 62% em 2016 para 81% em 2021.

“As conclusões do relatório de turismo sustentável anual da Booking.com são ainda mais contundentes este ano, à medida que a indústria turística procura reconstruir-se após a pandemia. A nossa pesquisa revela de que forma este hiato das viagens abriu os olhos dos viajantes para o impacto, negativo e positivo, das suas viagens nos ecossistemas e comunidades locais de todo o mundo”, revela Marianne Gybels, diretora de sustentabilidade da Booking.com.

Entre as principais preocupações incluem-se excesso de resíduos como o plástico de uso único (43%), ameaças à vida animal e habitats naturais (38%), destinos populares com excesso de pessoas (34%) e emissões de dióxido de carbono (22%).

Mas o relatório encontra uma diferença entre aquilo que os viajantes querem e esperam e aquilo que os alojamentos estão a fazer.

Enquanto que 61% dos viajantes dizem que teriam mais hipóteses de escolher um locar para ficar se este implementasse práticas de sustentabilidade, cerca de 40% dizem que não há opções de sustentabilidade suficientes e não sabem como encontrá-las quando planeiam uma viagem.

Em abril, a Booking.com inquiriu 3.400 alojamentos em 20 países e descobriu que apesar de cerca de três quartos terem implementado algumas práticas sustentáveis nas suas unidades, menos d eum terço (31%) as comunicou a potenciais hóspedes, e a maioria espera para o fazer no check-in.

Para ajudar a aumentar a visibilidade de opções de estadia mais sustentáveis, a Booking.com está a exibir certificados de sustentabilidade nas páginas das unidades desde o início deste ano.