Brasil convida turistas portugueses a conhecerem os seus vinhos

Brasil convida turistas portugueses a conhecerem os seus vinhos

Categoria Destinos, Explore

A Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo reforça a aposta do Brasil no mercado do enoturismo e encara o setor como um dos grandes destaques para o futuro do turismo no Brasil e para o mercado português.

Em 2020, o Brasil destacou-se no que toca à reputação dos seus vinhos – tendo recebido a premiação de 55 rótulos brasileiros, no âmbito da International Wine Challenge, a competição de vinhos mais influente do mundo. E a região do Sul está entre os grandes centros para o enoturismo – nomeadamente as regiões de Bento Gonçalves e Santa Catarina.

“O Brasil não é só um destino de praia, mas também produz vinhos que estão entre os melhores do mundo. Sabemos que o turista português é, na sua generalidade, um amante de vinho, e que a indústria da vinicultura é muito importante em Portugal. No território brasileiro, é também possível viver experiências inigualáveis no que toca ao enoturismo e queremos mostrá-las ao mundo”, declara Carlos Brito, presidente da Embratur.

Bento Gonçalves e Vale dos Vinhedos

A maior parte da produção de vinho no Brasil está, neste momento, concentrada no sul do país – é o caso da Serra Gaúcha, região localizada no Estado Rio Grande do Sul e que se posiciona como a mais representativa região vinícola do Brasil. Aqui, encontramos a cidade Bento Gonçalves, apelidada de “Capital Brasileira da Uva e do Vinho” – a primeira região do Brasil a obter a Indicação de Procedência e Denominação de Origem para os vinhos e espumantes ali produzidos. Nesta cidade, localizada a mais de 600m acima do nível do mar, encontram-se dezenas de vinícolas – das maiores do país, como é o caso de Vale dos Vinhedos.

O Vale dos Vinhedos tem caraterísticas únicas de solo, clima e tipografia e esta singularidade reflete-se nos vinhos produzidos: o frescor e a singularidade dos brancos e espumantes e na leveza em harmonia com a complexidade dos tintos. Também os rótulos expressam uma identidade única.

As rotas turísticas e experiências na região são bastante diversificadas, desde um tratamento de corpo com a utilização de substâncias extraídas das uvas á degustação de um bom vinho, tudo isto aliado à hospitalidade local.

Santa Catarina

Ainda no Sul do Brasil, a região de Santa Catarina ganha também destaque no mercado do enoturismo – onde é possível degustar bons vinhos e espumantes em vários programas disponíveis para os turistas. É possível conhecer os espaços de cultivo, a produção do vinho, participar em degustações, ou até mesmo assistir à colheita da uva, através de visitas programadas e guiadas.

Aqui, há dois locais que investem especialmente no setor: o Vale do Contestado, com o Roteiro Vale da Uva e do Vinho – onde se produzem vinhos como o Videira, Tangará e Pinheiro Preto -, e a Serra Catarinense, onde estão localizadas algumas das mais respeitadas vinícolas do Brasil (nomeadamente São Joaquim, Lages e Urubici).

A região destaca-se pela produção de vinhos finos de altitude com excelente classificação entre os melhores da EXPOVINIS – a maior feira de vinhos da América Latina.

A grande maioria das vinícolas do território brasileiro possuem já o selo de Turismo Responsável, atribuído pelo Ministério do Turismo Brasileiro e as suas experiências e passeios são pensados para todos os públicos: famílias, casais de todas as idades, sejam eles amantes de vinho, da natureza ou da cultura destas regiões.

Rota Alternativa

Além da região Sul, tradicional produtora de vinhos no Brasil, outra rota que vem se destacando é a do Vale do São Francisco, importante rio da região nordeste do Brasil. A produção de vinhos é uma atividade recente no Nordeste do Brasil e vem sendo intensificada nesses últimos anos.

O roteiro parte de Petrolina, em Pernambuco, que abriga a Vinícola Quintas São Braz, e leva os turistas de barco até a Vinícola Rio Sol, também em Pernambuco, e Vinícola Terranova, em Casa Nova na Bahia. O roteiro pelo nordeste tem crescido na preferência dos turistas em busca de degustar os vinhos brasileiros por misturar essa experiência com as belas praias da região.