BTL 2020 já tem 121 novos Hosted Buyers inscritos

BTL 2020 já tem 121 novos Hosted Buyers inscritos

A 32.ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa regressa com várias novidades nomeadamente ao nível do Programa de Hosted Buyers. Este ano, “os compradores internacionais estão a submeter as suas candidaturas desde finais de setembro e os inscritos revelam uma procura superior à do ano passado”, pode ler-se no comunicado enviado à imprensa.

Das candidaturas recebidas até ao momento, a BTL regista que há uma grande procura de hosted buyers interessados no destino Portugal das seguintes origens: EUA, Índia, Rússia, França e Brasil. Os segmentos de maior interesse são Enoturismo, City Break e Meeting Industry e no que toca às regiões mantém-se o interesse no Porto e Norte, Centro, Lisboa e Algarve, tal como em 2019. A contínua aposta neste programa por parte da Bolsa de Turismo de Lisboa revela para a próxima edição “um número muito elevado de candidaturas, com cerca de 121 novos Hosted Buyers“.

Dália Palma, Gestora da BTL, afirma em comunicado que, “o programa de hosted buyers tem sido, ao longo dos últimos anos, uma verdadeira oportunidade para as empresas nacionais contactarem com os compradores internacionais, especializados em determinados segmentos. Este ano a BTL está concentrada em fazer crescer este programa, reforçando mercados de crescimento. Queremos continuar a apostar no setor e na sua afirmação internacional e conseguir aproveitar toda a atenção que o destino Portugal tem gerado nos últimos anos. De referir ainda as distinções consecutivas com que os World Travel Awards têm distinguido o nosso país, reforçando a imagem e a capacidade do Turismo nacional.”

O objetivo do programa é apoiar a vinda de compradores internacionais, disponibilizando a participação em reuniões e atividades no mercado nacional. A gestora da BTL explica que “dos vários segmentos a potenciar junto dos buyers nesta próxima edição, destacam-se mais uma vez o Enoturismo, Leisure, Golf, Religioso, Cultural e Meeting Industry. Destaco ainda o esforço da BTL na manutenção de mercados como EUA, China, Japão, Canadá e explorar novos mercados emergente como Israel e outros com origem no continente Asiático”.

De acordo com o comunicado, uma das novidades deste programa são as alterações introduzidas no modelo de reuniões dos hosted buyers para 2020. O modelo de participação nas reuniões – speed networking -, terá um “novo formato, concentrando as mesmas num único espaço”, onde o hosted buyers está identificado e recebe o supplier, com “reuniões cronometradas durante os dois primeiros dias do evento”.

As candidaturas recebidas serão analisadas pela BTL, TAP e pelo Turismo de Portugal e apenas as que forem aceites serão convidadas a integrarem o programa de hosted buyers. Agentes de viagens, operadores turísticos, diretores de DMC’s e outros profissionais do Turismo poderão inscrever-se no website do evento.

O programa de hosted buyers conta com os habituais parceiros estratégicos, especificamente a TAP, Turismo de Portugal, APAVT, Iberia Airlines, Barraqueiro, Gold Limousine e as várias unidades hoteleiras de Lisboa. A BTL 2019 irá realizar-se de 11 a 15 de março na FIL, Parque das Nações.

Foto: Dália Palma, Gestora da BTL em Anadia (Município convidado da BTL 2020)