BTL LAB alavanca a inovação no setor turístico português

BTL LAB alavanca a inovação no setor turístico português

Categoria Agenda, Inside

A 31ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), acontece já esta semana, entre os dias 13 e 17 de março. Este ano, o BTL Lab pretende confirmar a sua posição como um dos principais palcos na inovação do setor do Turismo em Portugal.

O palco do BTL Lab “afirma-se como um dos mais importantes ao nível do debate e troca de experiências sobre inovação na indústria do turismo, mas também desafios e tendências tecnológicas em diferentes setores de mercado”, lê-se numa nota enviada à imprensa. Este espaço único vai reunir mais de 25 oradores, inúmeros painéis, parceiros e clientes.

A dinamização do BTL Lab é assegurada por um conjunto de entidades, como é o caso do Centro de Inovação do Turismo, projeto-âncora do Programa Turismo 4.0, iniciativa conjunta do Ministério da Economia, da Secretaria de Estado do Turismo e do Turismo de Portugal. Durante a BTL, acontece a primeira apresentação pública do Centro, na sequência da sua constituição pelos associados fundadores, ANA Aeroportos, BRISA, BPI, GOOGLE, MICROSOFT, MILLENIUM, NOS e TURISMO DE PORTUGAL. Para além da presença permanente dos associados, o espaço do Centro de Inovação no BTL LAB acolherá também 25 startups selecionadas através da Call lançada pela FIL (com a participação do Turismo de Portugal e da Portugal Ventures no Júri de seleção), as quais terão oportunidade de apresentar as suas soluções e modelos de negócio B2B e B2C, muitos de base tecnológica. No espaço do Centro de Inovação, haverá ainda a área “pitch stage”, com mais de 40 apresentações de startups ao longo dos cinco dias da feira.

Este ano a Amadeus Portugal é a empresa patrocinadora do auditório que promete ser inovador, dinâmico e visa trazer novos conceitos, alinhando-se com os valores do BTL Lab, acolhendo ainda uma zona de lounge e de network direcionado a oradores, convidados, clientes e parceiros. Esta área destina-se a apresentações e debates com foco em três conceitos como: “Tourism Talks” – partilha de ideias dos profissionais do turismo, sobre a experiência da geração futura no ramo das viagens e como podemos melhorá-la –, “Tech Trends” – debates sobre as tendências tecnológicas e projeções sobre a evolução deste sector – e “CRE+ATIF” – apresentações “out of the box”, que visam apresentar projetos e ideias criativas com o selo made in Portugal.
O Centro de Inovação do Turismo colabora igualmente nesta programação do auditório, com duas sessões.

A zona dedicada às startups – empresas criadas há menos de 3 anos, que desenvolvam projetos na área do turismo – modelo B2B e /ou B2C, vai receber projetos como:

Live Electric Tours –  eleita a melhor Startup de Turismo na Europa – proporciona uma experiência de self-drive em viaturas 100% elétricas para Turistas. Os carros são os únicos no mundo equipados com free wi-fi, gps áudio guide e ainda uma live câmara que permite partilhar toda a experiência em direto nas redes socias com familiares e amigos;

Strayboots Europe – concilia Turismo, Gamification e Mobilidade como forma de promover o património cultural e, em simultâneo, incrementar o espírito de equipa dentro das empresas. Esta startup recorre à tecnologia como um meio para atingir um fim: satisfação total dos seus clientes. Na plataforma, disponível para smartphones, combina jogos que exploram cidades e que, ao mesmo tempo, fomentam o trabalho em equipa. Destacam-se da concorrência pelo elevado grau de customização e rápida operacionalização garantindo uma gestão completa do evento, incluindo a personalização de layout gráfico, criação de conteúdos específicos e a monitorização da atividade em tempo real;
Hotelvoy – plataforma online de procura e reserva de hotéis, voos e atividades complementares. Tendo já websites em 17 línguas, a Hotelvoy agrega e compara as ofertas dos principais sites de reserva de viagens a nível mundial, contando com mais de 700,000 Hotéis e outras acomodações e de uma seleção de atividades a fazer durante a estadia no local de destino, estando já a desenvolver a oferta de reserva de voos, tendo parcerias estabelecidas com grandes nomes da indústria do turismo a nível mundial;

HiJiffy – utiliza Inteligência Artificial para dar suporte a clientes de hotéis. A startup fornece um serviço de conversação implementado no website de cada hotel, onde os hóspedes podem contactar um assistente virtual que responde às suas perguntas. Se o assistente não souber a resposta, o contacto é transferido para o staff do hotel, que responde através de uma consola. O serviço está disponível todos os dias, durante 24h. Mais de 40 startups vão reunir-se com cerca de 20 empresas presentes, proporcionando a oportunidade de apresentarem os seus projetos inovadores.

O espaço da BTL Lab vai ocupar grande parte do Pavilhão 2 com uma área de 810m2, o que representa um aumento muito significativo face aos 324m2 ocupados em 2018.

Durante os dias da BTL, profissionais de Turismo, nacionais e internacionais e turistas juntam-se na FIL para encontrar, conhecer e comprar as melhores ofertas do setor. Em 2018, a Feira registou mais de 77.000 visitantes, confirmando a tendência de crescimento ao longo dos últimos anos.